Hospital da Mulher: 29 anos de uma relação de confiança e assistência humanizada


 

Uma relação de respeito, confiança e profissionalismo. Foi no Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, que a auxiliar de enfermagem, Maria da Glória Gonzaga, 57, deu os primeiros passos na profissão. Uma relação que faz aniversário. Neste dia 30, o hospital completa 29 anos. Com menos de um mês de inaugurado, Maria da Glória iniciou os trabalhos nesta unidade.

Durante esse período, ela passou por diversos setores e há dez anos, atua na Central de Material Esterilizado.  “Aqui é minha segunda casa, onde conquistei minha realização pessoal e financeira”.

Quem também acompanhou o crescimento do hospital foi Ivonilda Elzébio dos Santos, mais conhecida por Nilda. Nos últimos 26 anos ocupou vários cargos como diretora, chegando a presidência da Fundação Hospitalar. “Me recordo de cada mudança, cada transformação do Hospital da Mulher”, comenta.

Os relatos não se limitam aos funcionários. Morando na Argentina há 10 anos, onde exerce a profissão de médico, Leonardo Ribeiro fala da sua alegria em ter nascido na unidade, em 1992. “O hospital acolheu minha mãe dando a ela o melhor atendimento para que eu pudesse nascer. Desejo pela continuidade do bom serviço prestado para Feira e região”, comemora. 

Inaugurado em 30 de janeiro de 1992, pelo ex-prefeito Colbert Martins da Silva, o Hospital da Mulher é hoje referência em parto humanizado. Nos últimos anos recebeu investimentos que resultaram na ampliação no número de leitos e na capacidade de atendimentos na emergência, no ambulatório e no Complexo Materno Infantil. 

“Os investimentos demonstram o olhar diferenciado do Governo Municipal em assegurar uma melhor assistência à saúde aos moradores de Feira de Santana, ainda mais humanizada e moderna, com metas de avanços também para o futuro”, pontua Gilberte Lucas, diretora presidente da Fundação Hospitalar.


Postar um comentário

0 Comentários