Ceará vence no Maracanã e complica Flamengo no Brasileirão

 

Rubro-Negro perde por 2 a 0 e se distancia do sonho do bicampeonato, em outro jogo o Santos venceu o São Paulo no Morumbi

Em resultado surpreendente, o Ceará derrotou o Flamengo por 2 a 0 em pleno Maracanã, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vina, no primeiro tempo e Kelvyn, no segundo, marcaram os gols da vitória. O time cearense subiu momentaneamente para a nona posição, com 39 pontos. Já o Rubro-Negro desperdiçou a oportunidade de encostar no líder São Paulo, que também foi derrotado na rodada. O atual campeão brasileiro é o quarto colocado, com 49 pontos.
 

Com Gabigol no banco, o Flamengo começou o jogo com Bruno Henrique e Pedro no ataque. O Ceará não se intimidou e abriu o placar  aos 12 minutos. Léo Chú avançou pela esquerda e passou para Vina, na outra ponta, chutar de primeira e vencer o goleiro César com um belo gol. Foi o nono dele no campeonato.

Daí em diante, começou o duelo entre o ataque rubro-negro e o goleiro Richard, do alvinegro cearense, que realizou duas belas defesas e impediu o empate antes do intervalo. 

Na volta para o segundo tempo, o técnico Rogério Ceni manteve Gabigol entre os reservas, optando por colocar Diego no jogo. O Flamengo intensificou as ações no ataque. Aos 21, Pedro recebeu na cara do gol e chutou por cima. Dois minutos depois, o atacante cabeceou para defesa sensacional de Richard, com a ponta dos dedos.

Na sequência, Gabigol enfim entrou em campo, mas uma outra substituição acabou decidindo a partida. O técnico Guto Ferreira, que acabaria expulso por reclamação, colocou o lateral Kelvyn no lugar do volante Fabinho. 

Aos 44, quando o Flamengo  se lançava ao ataque em busca do gol de empate salvador, o Ceará realizou contra-ataque e Kelvyn foi acionado na esquerda. Ele dominou e chutou cruzado da entrada da área. César não conseguiu alcançar a bola, que morreu no fundo das redes, decretando a vitória do Vozão. 

A equipe cearense, com 39 pontos, abriu distância em relação à parte de baixo da tabela e se coloca na briga por uma vaga em competições continentais. Já o Flamengo perdeu pela segunda vez seguida e, ao invés de diminuir a distância para o São Paulo, que também perdeu duas consecutivas, viu o Internacional ultrapassá-lo. Os atuais campeões voltam a campo somente na próxima segunda-feira (18), quando enfrentam o Goiás, em Goiânia. Já o Ceará recebe o Bragantino um dia antes, no Estádio Castelão, em Fortaleza.


Santos impõe nova derrota ao líder São Paulo pelo Brasileirão


Mesmo com um time cheio de reservas, o Santos levou a melhor no clássico contra o São Paulo neste domingo (10), no Morumbi.  Além de vencer o líder da Série A do Campeonato Brasileiro por 1 a 0, o Peixe se reaproximou da luta por uma vaga na próxima edição da Libertadores e atrapalhou as pretensões do rival, que pode ver concorrentes diretos pelo título chegarem mais perto na classificação.

A primeira vitória em um clássico na temporada - iniciada em 2020 - fez o Alvinegro subir para 42 pontos, ainda na oitava posição do Brasileiro; cinco pontos atrás do Palmeiras, sexto colocado e, por enquanto, último time na zona de classificação à Libertadores. O Tricolor segue em primeiro lugar, com 56 pontos, mas pode ver a diferença para Internacional e Atlético-MG diminuir. O prejuízo só não foi pior porque o Flamengo, outro concorrente à taça de campeão, tropeçou em casa para o Ceará, também neste domingo.

A superioridade técnica são-paulina contra um rival que poupou titulares - pensando no compromisso de quarta-feira (13) pela Libertadores contra o Boca Juniors, da Argentina - não se refletiu em campo. Apesar de ter o domínio da bola e de chutar mais vezes a gol, o time da casa só assustou depois de o Peixe abrir o placar no primeiro minuto do segundo tempo. O gol saiu dos pés do volante Jobson, que recebeu do atacante Arthur Gomes, tentou cruzar, ficou com a própria sobra e mandou de bico para as redes.

O Santos aproveitou a vantagem para se fechar e sair nos contra-ataques. O São Paulo pressionou, mas em pelo menos três oportunidades parou no goleiro João Paulo - que atuou no lugar do titular John, infectado pelo novo coronavírus (covid-19). Aos 39 minutos, o arqueiro santista salvou, em cima da linha, uma forte cabeçada do atacante Brenner. Nos acréscimos, o goleiro Tiago Volpi ainda evitou um prejuízo maior para o Tricolor, salvando um chute do atacante Lucas Braga que foi no cantinho.

O Alvinegro volta a se concentrar no duelo contra o Boca, às 19h15 (horário de Brasília) de quarta-feira, na Vila Belmiro, em Santos (SP). O Peixe necessita de uma vitória simples para ir à final da Libertadores. Em caso de novo empate por 0 a 0 - como no primeiro jogo, na quarta-feira passada (6), em Buenos Aires -, a decisão será nos pênaltis. Os argentinos têm a vantagem da igualdade com gols.

Já pelo Brasileiro, o Santos recebe o Botafogo no próximo domingo (17), às 16h. Nos mesmos dia e horário, o São Paulo busca a reabilitação na Arena da Baixada, em Curitiba, contra o Athletico-PR. As duas partidas são válidas pela 30ª rodada da competição nacional.

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro.

 https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/tabelas/brasileiro-serie-a.html


Fonte: Agência Brasil

Postar um comentário

0 Comentários