Paciente teve pronto atendimento de Infectologista no Hospital de Campanha, esclarece o município de Feira de Santana

 

Imagem: googleimagem

Não tem nenhum fundamento a versão de que uma paciente passou cinco dias esperando por um diagnóstico e para ser medicada no Hospital de Campanha de Feira de Santana, contada por Marileide da Silva Bispo, a mãe dela. Ela gravou um vídeo e divulgou em redes sociais.


Segundo explicações do diretor do hospital, médico Francisco Mota, as duas estiveram internadas no Hospital de Campanha e receberam alta completamente curadas da Covid 19. Entretanto, a filha, de 29 anos, teria tido febre dois dias depois da alta, conforme relato da mãe, e voltou a dar  entrada no Hospital de Campanha. 

“A paciente teve alta dia 18, no dia 20 a mãe falou que a filha teve febre,  mas só procurou atendimento dois dias depois. Durante quatro dias em que esteve de volta ao Hospital de Campanha, a paciente não apresentou febre, porém, mesmo assim vários exames foram providenciados. Tão logo os resultados foram liberados, a infectologista Melissa Falcão atendeu a paciente”, explicou o diretor.

Postar um comentário

0 Comentários