FUNTITEC constitui Comissão para levantamento sobre patronos e patronesses nominados em seus equipamentos

 


Através de uma Portaria Externa, publicada no Diário Oficial do Município, foi constituída a Comissão Permanente de Estudo e Levantamento Histórico e Cultural dos patronos, nomeados em cada um dos equipamentos patrimoniais que pertencem à Fundação Cultural Egberto Costa.

Os servidores da instituição escolhidos para compor a comissão foram a Professora Lélia Vitor Fernandes - Presidente da Academia de Letras e Artes de Feira de Santana, Luiz Augusto Oliveira - Diretor de Atividades Culturais, Basílio Fernandes Fernandez - Diretor de Divisão Científica, e Ailton Pitombo - Jornalista. 

As competências desta comissão, descritas na Portaria Externa publicada no dia 21 de Setembro de 2020, são: realizar levantamento documental sobre cada um dos patronos; investigar acervos sobre a trajetória de vida e suas contribuições sociais e culturais no município de Feira de Santana; catalogar material apresentado pela FUNTITEC e Arquivo Municipal; elaborar material e o enviar para tombamento.

A primeira reunião foi realizada na última sexta-feira, 16, no Casarão Olhos D'água, sede da Casa da Cultura de Feira de Santana. Devido o estado de calamidade pública causado pela Pandemia da Covid-19, todos os protocolos sanitários foram cumpridos rigorosamente, a fim de evitar preservar a saúde e a integridade dos membros da Comissão.

A professora e presidente da Comissão, Lélia Vitor Fernandes, destacou a importância de tal feito. Ela acredita que o registro material da história e da contribuição de cada uma das personalidades terá uma grande valia, para que sejam imortalizados e que seus feitos não se percam com o passar dos anos. Ela também citou a necessidade destas informações em cada um dos respectivos equipamentos aos quais as personalidades são patronos e patronesses.

“É de extrema importância catalogar, biografar e registrar a vida e os feitos de cada uma destas pessoas, para que o legado de cada um deles seja imortalizado e devidamente valorizado. Outro ponto a destacar é que com estas informações, poderemos disponibilizar em cada equipamento este documento, contendo a biografia de cada um dos patronos, para que os visitantes conheçam esta pessoa homenageada pelo equipamento cultural que está visitando”, afirma a professora Lélia.

Durante a primeira reunião, foram definidas para cada um dos membros as suas respectivas atividades, determinados os prazos para conclusão, e realizado o agendamento de novas reuniões, para a discussão e avaliação das atividades executadas. Vale salientar que serão realizadas as reuniões de maneira presencial, seguindo os devidos protocolos sanitários; mas que haverá a possibilidade de reuniões por meios eletrônicos. A escolha ficará a critério dos membros da comissão.

Postar um comentário

0 Comentários