Câmara de Vereadores de Feira de Santana entrou em recesso no dia 16

 

A posse da nova legislatura acontece no dia 1º de janeiro.

A Câmara Municipal de Feira de Santana entrou em recesso no próximo dia 16 de dezembro, conforme informou o presidente da Casa da Cidadania, o vereador José Carneiro Rocha. Segundo ele, o período também servirá para os vereadores não reeleitos esvaziarem seus gabinetes para os novos ocuparem.

"A partir dessa data vamos entrar em recesso e consequentemente o anexo da Câmara será fechado. Então fica o bom senso de cada vereador esvaziar seus gabinetes para que os novos vereadores possam se apossar e assumir o novo local. Os que se reelegeram, permanecem de fato em seus locais, mas acredito que o bom senso vai prevalecer e esses locais serão disponibilizados para que os vereadores eleitos possam se dirigir e se familiarizar com a casa", destacou o vereador em entrevista ao Acorda Cidade

A posse da nova legislatura acontece no dia 1º de janeiro e os vereadores eleitos precisam procurar o RH da câmara municipal para apresentar a documentação para abertura de conta. E logo após a posse, ainda no dia 1º, é escolhida a mesa diretiva.

"Assim que for realizado a posse, teremos a eleição da mesa diretiva da Câmara Municipal. Feito isso, todos os vereadores devem procurar o RH para encaminhar a documentação para abertura de contas, aqueles que porventura não tenham ainda e apresentar a nomeação dos 13 assessores", explicou ao Acorda Cidade.

O atual salário de vereador é de R$ 15.000,00 mas a partir do dia 1º passa a ser R$ 18.991,00.

"Hoje o salário bruto é de R$ 15.000,00, mas o líquido cai para R$ 11.300,00. No próximo ano, os vereadores irão receber R$ 18.991,00, mas o valor líquido deve cair para R$ 13.000,00. A folha sempre vence no dia 30 e geralmente a Câmara paga entre os dias 25 a 28.", disse.

O presidente da câmara disse ainda que os vereadores são peças importantes e cada um tem sua parcela de contribuição para levar benefícios à comunidade.

"Esses vereadores são peças importantes no poder legislativo de Feira de Santana. Sabemos que são homens e mulheres comprometidos com a cidade e dentro de cada ser humano existe um compromisso com a população. Sabemos de nossas limitações, do que podemos fazer e onde podemos chegar e tenho certeza que cada vereador dar uma parcela de contribuição do seu jeito, seja defendendo suas teses, suas convicções, mas que de certa forma traga algum benefício para a cidade", afirmou.
 

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários