Justiça eleitoral inicia lacração de urnas em Feira de Santana

 


Começou pela 154 zona eleitoral na manhã desta terça feira (24), o trabalho de lacração de urnas no Fórum da Justiça Eleitoral em Feira de Santana. No período da tarde serão lacradas as urnas da zona 155 e na quarta-feira (25) serão as zonas 156 e 157.
 

A juíza Kátia Cunha da 154 zona eleitoral, explicou ao Acorda Cidade como é feita a lacração e como está a preparação para o segundo turno das eleições municipais. Ela frisou que todas as urnas são conferidas, é feita a verificação se estão realmente zeradas e após esta conferência, de que elas não possuem nenhum voto, são lacradas e inseridas novamente nas caixas. 

“Já ficam preparadas para eleição. Coloca-se um lacre na urna com a minha assinatura e esse lacre só é retirado no momento em que inicia a votação nas seções eleitorais. Em Feira de Santana temos quatro zonas eleitorais e cada zona é responsável pela lacração das suas urnas”, afirmou. 

A juíza eleitoral comentou ainda sobre as reclamações de muitos eleitores durante o primeiro turno com relação a mudança de seções. Muitas seções foram agregadas e isto causou dificuldades no momento da votação. Ela informou que ficou ciente destas dificuldades, mas equalização das seções é uma determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

“Não há como alterar as seções. As pessoas já votaram no primeiro turno, já sabem as suas seções e quem deixou de votar no primeiro turno e vai votar agora no segundo turno, é importante que consulte antes o seu local de votação, qual será a sala, para quando chegar à escola, evite aglomeração e dúvidas. Já observe a sinalização e vá direto para a sua sala específica. Inclusive no dia das eleições, eu estive presencialmente em duas escolas, em uma das maiores escolas em Feira de Santana e percebi a dificuldade, onde houve a alteração das seções. Percebi que mesmo com a sinalizações, havia dificuldade. Ainda no mesmo dia, as servidoras do eleitoral, já intensificaram as informações para que o eleitor pudesse saber qual seria a sua seção e localizar a sua sala, de forma mais rápida, evitando aglomeração”, declarou. 

Kátia Cunha frisou que já houve reuniões com os coordenadores das escolas, para poder intensificar a marcação, as informações para quando o eleitor chegue às escolas identifique a sua seção de forma mais célere. Segundo ela, o calendário eleitoral, já é pré-estabelecido. Hoje acontece a lacração das urnas e sábado (28), elas serão encaminhadas para as escolas.

Sobre a distribuição de santinhos e a prática de boca de urna, a juíza eleitoral salientou que o trabalho de fiscalização segue neste segundo turno junto com o apoio da polícia. 

“Qualquer infração criminal será apurada nos termos da lei. A Justiça Eleitoral está aqui para observar a partir da Constituição Federal e do Código Eleitoral. Lembrando que no dia das eleições não se deve divulgar nada nem rede social, nem presencialmente”, concluiu.


Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários