Filho de idoso que morreu após sofrer acidente no Transbordo Central, busca esclarecimentos e investigação do fato

 


Foi sepultado por volta das 15h30 da tarde desta quinta-feira (12), no cemitério São Jorge em Feira de Santana, o corpo do idoso José Nery Vitória, de 80 anos. Ele morreu na noite de quarta-feira (11), no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), onde estava internado após sofrer por volta das 10h de terça-feira (10), um acidente no Transbordo Central.

O corpo de José Nery foi velado em um centro de velório localizado no bairro SIM, onde familiares e amigos se reuniram para despedida e também para chamar a atenção sobre o fato e a necessidade de esclarecimentos.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

O fisioterapeuta Arthur Vitória, único filho do idoso, disse ao Acorda Cidade que todos os parentes e pessoas próximas estão tristes com a morte de José Nery e em busca de mais informações relacionadas ao acidente. Ele contou que seu pai era um homem ativo, não tinha nenhum problema de saúde e na manhã de terça-feira (10), teria ido ao banco tirar alguns extratos bancários. A família foi surpreendida com a notícia do acidente e com o grave estado de saúde que o idoso apresentou depois do ocorrido.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

“Começaram a chegar várias versões de que ele tinha caído da plataforma do Transbordo Central, outras pessoas disseram que tinha sido fora do transbordo, que ele bateu a cabeça no retrovisor do ônibus, mas a gente não sabe a real verdade. Tem a situação que o motorista da empresa passou, mas não conseguimos imagens. Não tem imagem gravada do acidente e fica essa dúvida na cabeça da gente. Eu só recebi uma foto de meu pai deitado no chão, ensanguentado, machucado no interior do transbordo e várias versões. Eu tinha um pai de 80 anos, sadio que não tomava remédio para nada e hoje estou enterrando-o, porque ele foi atropelado dentro da estação de transbordo”, lamentou Arthur.

O fisioterapeuta informou também que desde o acidente, a família não parou e precisou providenciar o internamento, doações de sangue para o idoso e acompanhar os boletins médicos. De acordo com ele, José Nery sofreu traumatismo craniano, diversas fraturas na face e hemorragia intracraniana. Arthur contou que irá prestar um boletim de ocorrência na delegacia para que o acidente que vitimou seu pai seja investigado. Ele comentou que a empresa responsável pelo ônibus envolvido na situação foi solícita com toda a família, mas é importante saber como ocorreu o acidente.

“Preciso saber se foi um acidente, se foi uma irresponsabilidade e quando só uma versão fala, fica difícil. A gente não teve imagens e a informação que foi passada para gente é que a parte do meio do terminal, não tem câmeras, somente nas extremidades. Neste acidente meu pai teve traumatismo craniano considerável, fraturas de face, chegou terça-feira ao hospital, fez a estabilização e aí foi para o centro cirúrgico para fazer uma cirurgia de retirada da compressão de dentro do crânio. Retirou sangue coagulado, corrigiu algumas hemorragias, precisou tomar sangue e teve uma parada cardíaca. A cabeça dele ficou toda machucada e ele sofreu uma lesão bem extensa”, declarou.

Foto: Arquivo Pessoal

José Nery deixa o filho, esposa, neto e muitos amigos. Através das redes sociais, muitas pessoas relataram que ele era uma pessoa muito querida, atuou como radialista e seguiu carreira de administrador. Gostava muito de se reunir com amigos, de leitura e procurava levar a vida de forma saudável com alegria e bem estar.

A empresa São João, responsável pelo ônibus envolvido no acidente que vitimou José Nery emitiu a seguinte nota:

A Auto Ônibus São João Ltda vem a público esclarecer e lamentar pelo incidente ocorrido na manhã da última terça-feira, 10, no interior do Terminal Central, envolvendo um usuário do Sistema de Transporte Integrado (SIT) e um ônibus desta concessionária. De imediato, mantivemos contato com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) que prestou os primeiros socorros e conduziu a vítima para a emergência do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

Durante a ocorrência, a Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) também foi acionada para lavrar o boletim de ocorrência oficial e ouvir o operador (motorista) do ônibus. Toda a assistência médica necessária foi prestada na unidade hospitalar à vítima, mas, mesmo após ter sido submetida a procedimento cirúrgico, infelizmente faleceu.

A empresa encontra-se ao dispor das autoridades competentes para prestar quaisquer esclarecimentos. Muito respeitosamente, transmitimos as nossas condolências e deixamos os mais sinceros pêsames, rogando à Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. A Auto Ônibus São João Ltda reitera o seu compromisso e a transparência de sempre com a população de Feira de Santana.
Feira de Santana, 12/11/20.

Auto Ônibus São João Ltda


Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários