Dayane Pimentel diz que vai votar branco ou nulo no 2º turno e eleitores estão livres para escolher quem quiserem

 


A deputada federal Dayane Pimentel (PSL), que disputou a prefeitura de Feira de Santana no primeiro turno das eleições 2020, optou por não apoiar nenhum dos dois candidatos que foram para segundo turno: o prefeito Colbert Martins (MDB) ou o deputado federal Zé Neto (PT). Em coletiva de imprensa, na manhã desta quinta-feira (19), ela declarou que não fará dos eleitores massa de manobra e vai decidir o voto pessoal entre branco e nulo.

“Me candidatei a prefeita dessa cidade, porque eu não concordava com os anseios políticos dos últimos tempos. Se eu me coloquei como opção é entendível que o que nós buscamos é uma mudança. No segundo turno me deparei com o prefeito Colbert Martins, que é uma oposição política que eu angariei durante essa eleição e reitero aqui as minhas críticas pontuais ao seu governo; e o opositor ideológico, que é o deputado Zé Neto, do PT, e todos sabem que temos um combate muito forte aos seus anseios no Congresso Nacional. Não vou lidar com os meus eleitores como se eles fossem uma massa de manobra, porque eles não são. Os meus eleitores estão livres para decidir votar em quem quiser. Eu sou neutra, o meu voto, porém, Colbert Martins não tem”, frisou.

Diante da declaração enfática, os repórteres quiseram saber, afinal, qual seria o voto da deputada e ela foi novamente enfática na resposta: “Em relação ao segundo turno, estarei observando como telespectadora e não me sentirei responsável por qualquer resultado que seja efetivado no próximo dia de votação. É importante salientar que não sou protagonista desse processo. Temos um prefeito com quem a cidade está extremamente insatisfeita e temos um candidato que nunca foi de encher os olhos da população. Porém, reitero aqui que o meu voto Colbert Martins não tem jamais. Mas ali no meu momento com a urna, inclusive para os eleitores que ainda insistem na minha posição pessoal, o nulo e o branco são os candidatos que irão ter que me convencer qual é o botão que vou apertar”.

Outras definições dos candidatos a prefeito no primeiro turno

Carlos Medeiros (Novo), um dos demais candidatos a prefeito no primeiro turno também optou por não apoiar nem Colbert nem Zé Neto. Já Beto Tourinho (PSB) se definiu por Zé Neto, enquanto José de Arimateia escolheu Colbert. Carlos Geilson (Podemos) vai definir da tarde de hoje e Marcela Prest (Psol), amanhã. 

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários