Com 47 assassinatos, outubro foi um dos meses mais violentos do ano em Feira de Santana

 

Com 44 homicídios e três latrocínios (roubo seguido de morte) totalizando 47 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), outubro foi um dos meses mais violentos de 2020.

No mesmo período no ano passado foram registrados 47 homicídios e um latrocínio, totalizando 48 CVLS (saiba mais aqui). Apesar da queda no índice em relação a outubro de 2019, a sensação de insegurança tem preocupado a população. 

Dentre as vítimas de outubro de 2020 há uma mulher, que foi morta a tiros. Todas as demais vítimas são do sexo masculino, e morreram por disparos de arma de fogo, com exceção do garotinho de 11 anos, vítima de latrocínio, que foi morto a golpes de foice. Além dele, outros 4 menores de 18 anos foram mortos em outubro.

No mesmo mês também foram registrados sete mortes em decorrência de intervenção policial (troca de tiros com a polícia). Destes sete, quatro morreram na tarde do último sábado, dia 31 (saiba mais aqui

Bairros

Conceição e Caseb foram os bairros com os maiores números de CVLIs em outubro. 

CIPMs

A área da 66ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) foi a que teve o maior número de ocorrências de assassinatos.

64ª CIPM: 02 CVLIs 

65ª CIPM: 07 

66ª CIPM: 34 

67ª CIPM: 04 


Policiamento ostensivo

No combate a criminalidade, o Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL) informou que só no mês de outubro foram apreendidas 36 armas de fogo em Feira de Santana. Ainda no mês de outubro, foram conduzidas 112 pessoas à Delegacia de Polícia, uma média de quatro conduções por dia. O Comando de Policiamento da Região Leste registrou ainda, 53 apreensões de entorpecentes no município no mesmo mês.

Fonte: Levantamento feito pelo repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários