Coelba recupera energia suficiente para abastecer Porto Seguro e Feira de Santana durante dois meses

 


Entre janeiro e setembro de 2020, as ações de prevenção e combate a desvios, realizadas pela Coelba, recuperaram 201,4 milhões de quilowatts-hora (kWh) de energia, o suficiente para abastecer, durante dois meses, as cidades de Feira de Santana e Porto Seguro, que têm juntas mais de 760 mil habitantes. Foram mais de 162 mil inspeções realizadas e mais de 151 mil consumidores regularizados.

As operações fiscalizaram e autuaram estabelecimentos como fábricas, condomínios, supermercados e residências. Em uma das ações, por exemplo, a perícia identificou desvio de energia em uma fábrica de plásticos de Feira de Santana. O consumo que deixou de ser medido e foi recuperado pela ligação irregular seria suficiente para suprir 30 mil residências por um mês.

A companhia atua de forma preventiva no combate às ligações irregulares e conta com uma equipe de inteligência que trabalha ativamente para identificar e retirar essas ligações. Após inspeção técnica no local de suspeita de fraude, a Coelba protocola denúncia junto à Secretaria de Segurança Pública para que o caso seja investigado. Constatada a irregularidade, a concessionária notifica o proprietário e realiza a cobrança pelo período fraudado.

Regularização de clientes

Quem ainda está irregular e não tem o medidor de energia instalado pode entrar em contato com a Coelba para fazer regularização da ligação, de forma gratuita. Para apoiar os consumidores e estimular a regularização, são oferecidas diversas facilidades quanto ao parcelamento e pagamento de faturas utilizando os canais digitais.

A concessionária orienta, ainda, que as pessoas acionem os canais de atendimento caso percebam ligações irregulares nas redes elétricas nas localidades onde vivem. Além de crime, o furto prejudica o fornecimento de energia e representa risco para a segurança da comunidade.

DENÚNCIA

A Coelba reforça a importância da denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios. As denúncias são feitas de forma anônima pelas Centrais de Relacionamento ou direto no site na parte de Canais de Atendimento > Denúncia de Irregularidade:

Central de Relacionamento para denúncia anônima: 116

Canais digitais de atendimento: (Site e WhatsApp):www.coelba.com.br | (71) 3370-6350 

Postar um comentário

0 Comentários