Retomada de aulas presenciais na Uefs ainda não tem data definida

 


Na última segunda-feira (26), o governador Rui Costa informou que o retorno das atividades escolares no estado da Bahia, está próximo de acontecer, iniciando pelo nível superior.

De acordo com o reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Evandro Nascimento, é possível que o retorno do calendário letivo seja realizado no início de 2021, mas ainda sem a definição das aulas presenciais.

"Estamos aqui na Uefs com a finalização do período letivo extraordinário com as aulas remotas. Depois que encerrar esse período temos o prazo de recesso para que sejam realizadas as matrículas do próximo semestre. Então estamos em discussão do calendário com o conselho superior de ensino pesquisa e extensão para o semestre 2020.1. É possível que tenhamos o retorno dessas atividades logo no início de 2021, mas ainda será definido se esse retorno será presencial, ou de forma remota como está sendo utilizado", informou.

Atendendo as medidas de distanciamento social e as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), a Uefs está adequando toda a estrutura física do Campus.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Segundo o reitor, será implantada uma série de ações no sentido de preparar recursos tecnológicos e inclusão digital para os estudantes.

"Sobretudo aqueles alunos que são de famílias com baixa vulnerabilidade social econômica. A universidade estará auxiliando de forma financeira a aquisição de pacote de dados de internet ou até equipamentos como tem ocorrido em várias outras universidades que encontraram na mediação tecnológica do ensino remoto, uma forma de dar aos estudantes a oportunidade de continuar com sua vida acadêmica, concluir seus cursos, receber seus diplomas e buscar inserção no mercado de trabalho", comentou.

Mesmo com algumas atividades suspensas por conta da pandemia, o reitor da Uefs, informou que os laboratórios de pesquisas e experimentos dentro do Campus tiveram o funcionamento normal durante todo esse período.

"Os estudantes de mestrado e doutorado vem aos laboratórios realizar pesquisas, experimentos e análises de dados para concluírem seus cursos. Estamos com um período letivo extraordinário com ofertas de disciplinas e outras atividades acadêmicas de ensino que vão garantir a possibilidade desses alunos aproveitarem em seus currículos", frisou.

As atividades de extensão da Uefs tiveram modificações em 2020, como a Feira do Livro. De acordo com Evandro Nascimento, mesmo com as mudanças realizadas, os projetos tiveram bons resultados.

"Nós não queríamos descontinuar as edições da Feira do Livro, então realizamos de forma virtual essa atividade de extensão com muito sucesso, assim como aconteceu a Jornada Virtual da Uefs. Continuamos com o projeto de aferição dos preços da cesta básica aqui em Feira, então o tele trabalho seja no ensino, na pesquisa ou na extensão, está mantendo a universidade ativa e posso dizer que estamos produzindo muito para os nossos estudantes e para a nossa comunidade", encerrou.

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários