Projeto Novo Centro será inteiramente focado na mobilidade urbana

 


Tendo como foco principal a mobilidade urbana, o Novo Centro, projeto de requalificação do Centro Urbano de Feira de Santana, vai priorizar as pessoas, tanto no seu direito de ir e vir pelas ruas centrais do comércio local, quanto na oferta de vias e equipamentos públicos que dialoguem com as novas demandas sociais.

Ao custo aproximado de R$ 60 milhões, dos quais R$ 36 milhões estão sendo investidos nesta primeira etapa do projeto, o Novo Centro tem uma área de abordagem que abrange um polígono estimado em 98 hectares.

Trata-se de uma área correspondente aos alinhamentos das ruas Barão de Cotegipe, Felinto Bastos, as avenidas Presidente Dutra e Sampaio, e a rua Vasco Filho. Na fronteira Norte da área do Projeto encontra-se a Praça Fróes da Motta, com área de 3.800 metros quadrados, que marca o início da rua Sales Barbosa, principal via de pedestres do conjunto urbanístico.

De acordo com o secretário de Planejamento, Carlos Brito, todas as vias e calçadas do Novo Centro serão padronizadas com pisos intertravados. Já o cabeamento de telefonia e a fiação da iluminação pública serão subterrâneos, através de valas técnicas.

Carlos Brito ressalta que a filosofia do projeto está calcada na humanização dos equipamentos públicos, “dentro da lógica da mobilidade urbana, onde prevalece a pessoa, e não o veículo”, disse.

Além de substituir a velha iluminação do Centro por uma moderna iluminação com lâmpadas LED, a vias centrais também vão ganhar nova sinalização de trânsito, passagens elevadas, sempre priorizando o pedestre e suas especificidades, a exemplo das pessoas idosas e portadores de algum tipo de deficiência.

Estes recursos técnicos, por exemplo, serão aplicados ao longo da rua Marechal Deodoro, obrigando os veículos a transitarem com baixa velocidade. Também estão previstas obras de drenagem e implantação de estacionamentos para bicicletas, um dos modais bastante utilizados na cidade.

Até o final deste mês, serão iniciadas as obras de pavimentação da Praça Bernardino Bahia. O logradouro vai receber um piso de granito reciclado, um tipo de pavimento esteticamente moderno, e com maior tempo de vida útil.


Postar um comentário

0 Comentários