Pós-covid: Pacientes com sintomas terão atendimento específico

 


O atendimento pós-covid está sendo estudado para ser oferecido aos pacientes acometidos pela Covid-19 em Feira de Santana, que, mesmo curados, continuam sofrendo com os sintomas da doença.

A infectologista Melissa Falcão, que coordena o comitê local de enfrentamento ao coronavírus, diz que pacientes continuam sentindo os sintomas após a fase aguda da doença. 

“Estamos nos preparando para montar este atendimento para oferecer uma assistência integral, na parte psicológica, na fisioterapia e assistência médica”, afirma. 

Entre os sintomas, alteração da parte psicológica, situação percebida com maior frequência e que leva à insônia, ao transtorno do humor e à depressão. A meta é que o atendimento seja oferecido em curto prazo.

Alguns desses sintomas permanece por um período mais prolongado, como a tosse, sensação de cansaço e dor de cabeça.

“É uma série de sintomas que podem restringir a qualidade de vida de uma pessoa que passou por esta infecção”, explica a infectologista. Outro problema é a reabilitação pulmonar.

Ela explica que um pulmão que enfrentou uma infecção grave pode demorar até três meses para retornar ao estado habitual. O serviço será focado na recuperação da qualidade de vida dos pacientes.


Postar um comentário

0 Comentários