Ônibus do BRT chegam a Feira de Santana e circulam gratuitamente a partir de quarta-feira (14)

 


Três dos sete ônibus do BRT de Feira de Santana chegaram a cidade e foram apresentados nesta terça-feira (13). Segundo o prefeito Colbert Martins, os veículos circularão em fase experimental pelas avenidas Getúlio Vargas e João Durval gratuitamente, a partir de amanhã (14).
 

Colbert informou que o sistema ainda contará com veículos articulados, embora não tenha previsão sobre a chegada destes veículos. A fase experimental com passagens gratuitas deve ocorrer até o final do mês e os ônibus não são zero quilômetro.

“Inicialmente são três ônibus e chegarão mais quatro. Neste momento ainda não tem ônibus articulados, mas vamos ter. Estamos concluindo do ponto de vista do que foi necessário fazer para o cumprimento contrato existente para que, neste período, nós tivéssemos ônibus de BRT rodando. Começa a operar amanhã em fase de teste com dois roteiros. Será da mesma maneira que o governo do estado fez com o metrô em Salvador. Tem um roteiro aqui na Getúlio Vargas que vai até o viaduto e volta, e tem o outro que vai entrar na João Durval, foi feito uma abertura no canteiro central, vai até o shopping Boulevard e retorna até o terminal central”, informou o prefeito ao Acorda Cidade.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Colbert informou também que todos os ônibus são adaptados para pessoas com deficiência e têm porta lateral aberta para o lado esquerdo, no sentido das estações.

Segundo ele, o município não adotou o sistema de VLT (Veículo Leve de Transporte) por falta de passageiros suficientes.

“Não tivemos VLT porque Feira de Santana não tinha e ainda não tem a capacidade de passageiros para ocupar espaços no VLT. Feira já teve 100 mil passageiros por dia e hoje estamos operando no máximo, durante os dias da semana, com 42 mil passageiros. Por isso houve uma redução grande da quantidade de ônibus e os novos ônibus para o BRT terão essa capacidade adaptada para o novo público reduzido, em mais de 50% ao anterior a pandemia”, explicou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Fonte: Agência Brasil

Postar um comentário

0 Comentários