Ministro diz que mais 15 quilômetros de trechos duplicados da BR-116 devem ser entregues até o final do ano

 


Nove quilômetros do trecho de duplicação da BR-116/BA, do Trevo até a entrada de São José, foi entregue nesta segunda (12) pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, em Feira de Santana. Ele informou que até o final do ano, serão entregues mais trechos duplicados, e que a previsão, a depender do recurso, é de mais 15 quilômetros.O ministro foi recebido pelo ex-prefeito José Ronaldo, que acompanha as visitas em trechos sob concessão da Vianahia. Tarcísio vai visitar a BR-324 e as obras de duplicação do lote 4 da BR-101.
 

“Hoje são nove quilômetros entregues, parece pouco, mas são os primeiros. A gente observa bastante trecho trabalhado, tem terraplanagem pronta e tem alguns trechos que estão com a primeira camada de asfalto, então significa que até o final do ano vamos entregar mais trechos duplicados. Observo a alegria do motorista, do caminhoneiro, quando a gente entrega um trecho desse. É um feriado hoje, então quando as pessoas voltarem amanhã elas vão perceber a importância dessa duplicação”, afirmou ao Acorda Cidade, acrescentando que a tendência é avançar.

“Vamos construir um grande viaduto para o entroncamento das rodovias que cortam a região. Vamos visitar um trecho da BR-101 que está com as obras andando e devemos entregar até o fim do ano 10 quilômetros de pavimentação. No trecho entre Esplanada e Entre Rios, mais 20 quilômetros até o final do ano, então estamos falando de entregar mais 30 quilômetros de duplicação da 101 até o final do ano”, afirmou.

Além disso, ele informou que em novembro vai ser entregue 79 quilômetros de pavimentação na BR-235, mais 67 quilômetros na 135, região de Coribe, provavelmente com a presença do presidente da república, Jair Bolsonaro.

“Também vamos investir muito no ano que vem na ferrovia de integração oeste/leste, que é uma obra importantíssima para o estado da Bahia, vamos avançar muito com as obras”, disse.

Passarelas e retornos

O superintendente do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) na Bahia, Amauri de Souza Lima, informou ao Acorda Cidade que serão, dentro dos 40 quilômetros que estão sendo feitos, incluindo o Contorno Leste de Feira de Santana, cerca de 20 retornos e 12 passarelas.

“A maioria será construída dentro de Feira de Santana. Serão quatro passarelas dentro de Santa Bárbara e acho que vai atender de forma segura e confortável a todos. A gente pede que as pessoas que acham necessário uma passarela nos lugares onde transitam, que façam um documento para que a gente analise a possibilidade. Temos que fazer estudos técnicos”, disse.

Duplicação do Anel de Contorno em Feira

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, contou ao Acorda Cidde também sobre a duplicação do Anel de Contorno em Feira de Santana. Segundo ele, essa é uma cobrança que a bancada federal tem levado para ele com frequência e afirmou que já está combinando o aporte de recursos para essa obra.

“Dentro desse contrato, já tem a previsão de oito quilômetros de duplicação no Anel e vai ficar faltando o chamado Anel Norte, que já temos um anteprojeto pronto e vamos revisar agora para que ainda no ano que vem a gente possa licitar a obra. É uma obra urbana, temos uma série de viadutos, de remoção de interferências, mas conta com uma faixa de domínio que está relativamente preservada, então é possível fazer. A primeira parte da duplicação, que está nesse contrato, a gente vai ver acontecer já no ano que vem e teremos oito quilômetros de Contorno aqui já no ano que vem”, afirmou.

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários