Prefeito diz que guardas municipais estão entre os suspeitos de receber auxílio emergencial indevidamente

 


Acorda Cidade - O prefeito Colbert Martins Martins da Silva Filho, em entrevista ao Acorda Cidade na manhã desta quarta-feira (30), informou que guardas municipais estão entre os servidores suspeitos de receberem o auxílio emergencial no valor de R$ 600 do governo federal, de forma indevida (saiba mais aqui). Ele reiterou que uma comissão de sindicância está apurando o caso e disse que é dever da prefeitura cruzar os dados para identificar as irregularidades.

“Pode ter ocorrido o uso irregular do CPF desses servidores, pode ter ocorrido um erro da própria operação na Caixa Econômica e se por acaso algum deles recebeu de forma indevida, vai ter que fazer a devolução dos valores e no caso das pessoas que tem um contrato efetivo com a prefeitura ou de outra ordem, terá a apuração das responsabilidades de servidor público. Estamos com muito cuidado e o cruzamento de dados foi recomendação do Ministério Público. Estamos fazendo as apurações nesta quarta e logo em seguida vamos chamar as pessoas para identificar os problemas”, afirmou.

IPTU

Colbert também falou sobre o prazo de pagamento do IPTU já com prorrogação, que acaba nesta quarta (30), ele disse que vai se reunir com o secretário da Fazenda, Expedito Eloy, para chegar a uma definição.

“Sabemos das dificuldades e vamos decidir essa questão. Estamos tendo toda sensibilidade com essa questão e pedimos que quem puder pagar, o faço, pois está contribuindo com a cidade”, disse.

Postar um comentário

0 Comentários