Orçamento de 2021 para Feira de Santana tem previsão de crescer apenas 1%

 


Enquanto em 2019 a previsão de crescimento da receita orçamentária de Feira de Santana atingia 15,43%, visando o exercício 2020, a estimativa para 2021, conforme projeto do Poder Executivo apresentado nesta quarta-feira (30) à Câmara é de um aumento muito inferior, de apenas 1%.

O secretário de Planejamento do Município, Carlos Brito, esteve na Casa da Cidadania para entregar o Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) para apreciação dos vereadores. O documento foi entregue ao presidente José Carneiro Rocha (MDB).

O Orçamento de Feira para o ano em curso é de R$ 1.461.798.378,00 (1 bilhão, 461 milhões, 798 mil e 378 reais). A proposta para 2021 prevê aproximadamente R$ 27 milhões mais, R$ 1.486.000.000,00 (1 bi e 486 milhões).

Para que se tenha uma ideia do tamanho da perda, em 2019 a previsão de aumento da receita foi de cerca de R$ 195 milhões (de R$ 1.266.366.238 para R$ 1.461.798.378, algo em torno de sete vezes mais que o estimado agora para o futuro exercício).

A Câmara tem até o dia 15 de dezembro de 2020 para votar a lei, que se torna prioritária na Casa sobre qualquer uma outra matéria, a partir do momento em que entrar na pauta. O recesso legislativo de fim de ano só pode iniciar após votada a Lei Orçamentária.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários