Sindicato dos Ambulantes da Bahia aprova Centro Comercial Popular e quer modelo em Salvador

 


A diretoria do Sindicato dos Ambulantes, Barraqueiros e Quermesseiros do Estado da Bahia (Sindbaq) aprovou a estrutura do Centro Comercial Popular de Feira de Santana. E defende também a implantação de equipamentos semelhantes em Salvador e Lauro de Freitas.

O presidente do Sindbaq, Marcos Neves de Almeida, mais conhecido como Marcos Cazuza, e o diretor Jackson Montenegro visitaram a estrutura do equipamento municipal, acompanhados do secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), Antônio Carlos Borges Júnior. Eles se surpreenderam com toda a estrutura que viram e os benefícios para os vendedores ambulantes.

"Viemos a Feira de Santana conhecer esta estrutura magnífica do shopping dos ambulantes, ver esta realidade. Realmente uma estrutura magnífica e brilhante, que vai acomodar centenas de ambulantes aqui neste município, com conforto e segurança", avaliou o diretor Jackson Montenegro.

O Shopping Popular, na avaliação de Jackson Montenegro e Marcos Cazuza, é um modelo a ser seguido por outros grandes centros urbanos. "Precisamos levar essa estrutura para Salvador e Lauro de Freitas”, pontuaram.


Postar um comentário

0 Comentários