Operação da PM resulta na remoção 124 motos utilizados em prática ilegal de trânsito e crime de adulteração

 


Deflagrada na noite de quinta-feira (27), em Feira de Santana, a Polícia Militar da Bahia, através dos Esquadrões de Polícia Montada e de Motociclistas Asa Branca deflagrou a “Operação Pégasus”, que resultou na remoção de 124 motocicletas e um automóvel para o pátio da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran). A informação é da Assessoria de Comunicação do Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL).

Segundo a assessoria, foram conduzidas duas motocicletas com indícios de adulteração dos sinais identificadores para a Delegacia de Furtos e Roubos de Feira de Santana.

O fato aconteceu no Centro Industrial Subaé durante a realização de uma prática conhecida  como "Wheeling" (uma manobra do veículo na qual a roda  dianteira sai do chão). No local estavam cerca de 250 pessoas no local e vários condutores utilizando veículos para a demonstração ou exibição de manobras perigosas e ilegais, sobretudo por infringir o Artigo 175 do Código de Trânsito Brasileiro, além do descumprimento às medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus e não observância ao Decreto 11.706, de 24 de agosto de 2020, que dispõe sobre as medidas de enfrentamento no âmbito municipal.

De acordo com a PM, a operação foi desencadeada de maneira estratégica, considerando levantamentos realizados com base em denúncias e análises que apontaram um aumento estatístico envolvendo acidentes de trânsito.

O major PM Genival Moncorvo, comandante da Cavalaria, ressaltou a importância das denúncias realizadas pela comunidade e salientou que as operações irão continuar.


Postar um comentário

0 Comentários