Hospital de Campanha: do tratamento específico a assistência psicológica e social para pacientes

 


Antônio Ribeiro Leite, 80 anos, foi o primeiro paciente recuperado da Covid-19 a deixar o Hospital de Campanha, em 6 de junho. Desde essa data, 150 pessoas tiveram alta hospitalar.

 

"Deus abençoe os médicos e enfermeiras. Fui muito bem tratado aqui. E é por isso, que estou aqui agora. Não tenho como agradecer, mas Deus vai pagar tudo. Vou ficar orando por vocês”. Com essas palavras ele agradeceu a assistência recebida enquanto esteve internado.

No Hospital de Campanha, os pacientes recebem além do tratamento específico contra o coronavírus, acompanhamento psicológico e de assistência social, que viabiliza o contato deles com os familiares por videochamada.

Este serviço faz parte da política de humanização da unidade hospitalar,  contabilizando 1.532 contatos realizados com as famílias, sendo 1.501 ligações e chamadas de vídeo. 

AMBIENTE SEGURO

Outra preocupação do Hospital de Campanha é em oferecer aos pacientes e funcionários um ambiente seguro. Desta forma, realiza diariamente a higienização adequada, bem como serviços de dedetização e desinfecção, considerados fundamentais para garantir a integridade e a saúde. 

OUTROS NÚMEROS

O Hospital de Campanha possui 50 leitos clínicos e 18 leitos de UTI. Desde que foi implantado, em 4 de junho passado, já realizou 14.067 exames de imagem e laboratorial. Foram utilizados 36.017 itens de medicamentos e 44.653 de material hospitalar. 16.034 refeições foram servidas. 

A unidade tem 378 funcionários, entre médicos, equipe de enfermagem, psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais, fisioterapeutas, administrativos, bem como prestadores terceirizados.

A unidade é gerida pela S3 Estratégias e Soluções, empresa vencedora de licitação pública realizada pela Prefeitura de Feira de Santana.



Postar um comentário

0 Comentários