É possível investir no semiárido, destaca Colbert durante Leilão da PPP da Iluminação

 



O prefeito Colbert Filho e o ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho, deram, juntos, as três batidas de martelo que confirmaram o Consórcio Conecta Feira como vencedor da licitação pública da PPP para a modernização e eficientização da iluminação pública de Feira de Santana.

A licitação, da modalidade deságio, foi concluída em pouco mais de 40 minutos na Bovespa, em São Paulo, na manhã desta sexta-feira (14). O consórcio apresentou a contraprestação mensal de R$ 785.800. O deságio foi de 56,20%.

Colbert Filho disse que dividia o momento, que considera histórico, com todos os feirenses e agradeceu a participação da Caixa Econômica Federal na condução do processo transparente. “Esta é uma mostra de que é possível investir no semiárido do nordeste e em qualquer lugar no mundo”.

Comentou ainda que este é um passo importante para o futuro e que mostra que o município avança, mesmo em meio das dificuldades do momento. “Estamos preparando o ambiente para o pós pandemia”. O investimento previsto para os próximos 13 anos neste setor é de R$ 275 milhões.

A futura realidade do setor no município prevê a troca de 60.500 pontos de iluminação, na sede e nos distritos, mais 29 projetos especiais de iluminação e significativa redução de 53% nesta conta para os cofres municipais. Será economia para a Prefeitura e ganho na qualidade de vida e segurança para os cidadãos.

Um vídeo institucional apresentou as potencialidades da economia do município, como ser o segundo maior entroncamento rodoviário do país – atrás apenas de São Paulo, e ser um grande e importante centro de logística.

Apresentaram propostas os seguintes consórcios: Feira Iluminada, Feira de Santana Ipê, Feira Ipê, Brasilux Eletrificação Eletrônica Ltda, Sonda Ltda, Feira Luz, QSG Iluminação Feira de Santana, Consip Feira de Santana, FS Luz, Sadenco Sul.

Postar um comentário

0 Comentários