Prefeito solicita de instituto que feirenses possam ser voluntários em testes de vacina



Você gostaria de ser voluntário para testar uma vacina contra a Covid-19?

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, está solicitando do Instituto Butantan a oportunidade para que moradores de Feira de Santana possam participar dos testes da vacina CoronaVac, voluntariamente, é claro.

O prefeito tomou essa iniciativa depois de uma sugestão do jornalista Hamurabi Dias, durante a coletiva de imprensa de segunda-feira.

Desenvolvida por um laboratório chinês, com a colaboração do instituto brasileiro, a CoronaVac já conta com nove mil voluntários em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná. A pesquisa clínica será coordenada pelo Instituto Butantan. Os testes serão monitorados por uma comissão de pesquisadores internacionais.

O prefeito, que também é médico, enviou um e-mail para o diretor do instituto, Dimas Covas, solicitando que seja analisada a inclusão de Feira de Santana no rol das localidades em que serão feitos os testes.

“Acompanhamos com muito otimismo o desenvolvimento da vacina contra a Covid-19, tanto que gostaríamos de colaborar de alguma forma para que o êxito possa ser alcançado o mais rápido possível. Sendo assim, gostaríamos de sugerir que o Instituto estudasse a possibilidade de que habitantes de Feira de Santana, na Bahia, possam se voluntariar para testar a vacina”, sugere Colbert Martins no e-mail.

Fundado em 1901, o Instituto Butantan é um centro de pesquisa biológica localizado no bairro do Butantã, na zona oeste da cidade de São Paulo, ligado à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. O instituto é considerado um dos principais centros científicos do mundo.

Postar um comentário

0 Comentários