Comércio de Feira de Santana regista grande movimento nesta terça (21), após novo escalonamento



O comércio de Feira de Santana que iniciou hoje (21) o funcionamento através de novo escalonamento das atividades e registrou uma grande movimentação.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Muita gente foi às ruas para resolver demandas pessoais e também ir as compras. A questão de flexibilização do comércio na cidade ainda divide muitas opiniões, mas a maioria ainda defende a abertura total de todos os segmentos todos os dias, porém com restrições de horários e medidas preventivas de higiene e saúde.

O Acorda Cidade ouviu a opinião de alguns feirenses, como por exemplo, a jovem Deidiane Carvalho dos Santos e ela defendeu a abertura total das lojas.

“Acredito que o comércio deve abrir todo, mas com restrições e desde que todos mantenham a prevenção da doença”, disse.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Já Cristina de Souza, opinou que o comércio deveria ficar fechado ainda por mais um período, até que haja diminuição das pessoas infectadas pela covid-19 e uma maior segurança.

“Para mim poderia ficar fechado até para aliviar mais o número de infectados. Porque se agravar mais é pior e não tem hospital para todo mundo”, comentou.

Antonilda Pessoa criticou a abertura escalonada das atividades comerciais. Ela relatou que o fato de algumas lojas funcionarem em dia alternados, faz com que as pessoas se desloquem mais de uma vez ao centro da cidade e isso gera mais exposição ao vírus.

“Poderia abrir logo tudo. Hoje por exemplo eu consegui resolver uma parte das coisas que eu precisava resolver. Terei que voltar amanhã novamente para fazer o resto. Aí a gente vem de novo, se expõe mais e gasta mais”, declarou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

O empresário Jessé Jorge discordou do escalonamento e prefere que todos os segmentos funcionem todos os dias.

“Não vejo problema de estar tudo aberto. Na minha loja estamos tomando todos os cuidados e funcionando bem. Acredito que todos podem ser assim”, afirmou.

O comerciante Robério Bantim está otimista com a nova reabertura do comércio e também defende que tudo seja reaberto de vez.

“Já era para abrir geral. Porque com comércio fechado ou aberto, as pessoas estão nas ruas. Mas, é a opinião do prefeito. Vamos torcer para melhorar”, finalizou.

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários