Testes rápidos em caminhoneiros registram dois casos positivos da Covid-19


Dos 560 testes rápidos para diagnóstico da Covid-19 realizados em caminhoneiros, através de ação conjunta entre o Sest/Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) e a Prefeitura de Feira de Santana, dois tiveram resultado positivo. A ação de testagem aconteceu na segunda e terça-feira na sede do Sest/Senat e no Posto Subaé, na BR 324, nesta quarta (10). 

Outros 19 exames apresentaram resultado IgG positivo, quando possivelmente o paciente havia contraído a doença no passado e desenvolveu anticorpos, mas no momento está recuperado. Estes casos foram notificados para a Vigilância Epidemiológica pelo Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), órgão vinculado a Prefeitura, para serem acompanhados. Foram abordados para realização do exame apenas caminhoneiros.
A iniciativa faz parte de uma campanha nacional promovida pelo Sest/Senat com o objetivo de proporcionar diagnóstico aos trabalhadores do transporte neste momento de pandemia, segundo informa o gestor do Sest/Senat em Feira de Santana, Daniel Correia (foto). “Desde o início da pandemia estamos prestando orientações de cuidados respiratórios e cuidados em relação ao distanciamento, já que os caminhoneiros param em diversos locais no trajeto para se alimentar ou abastecer, sendo um grupo vulnerável”, afirma.
Ainda de acordo com ele, havia uma expectativa de obter um alto número de resultados positivos, porém o índice foi inferior. “Foi muito menor do que esperávamos, e isso é muito bom. Independente dos resultados, o nosso objetivo é contribuir”, opinou.
Os testes rápidos foram oferecidos pelo Sest/Senat, que fez aquisição de 37 mil unidades distribuídas em todo país para realização dos exames em profissionais do transporte.
O caminhoneiro Francisco Nascimento aproveitou a oportunidade para realizar o exame, ele conta que reside em Feira de Santana e considera importante a iniciativa. “Agradeço ao Sest/Senat e as parcerias que fizeram, pois eu estava há alguns dias com sintomas e queria fazer o teste, no momento não tenho sintomas mas o exame pode dizer caso eu tenha contraído no passado”, disse.
Na avaliação da coordenadora do Cerest, Verena Liberal (foto), a ação foi muito positiva pois trata-se de uma união de entidades, com um único objetivo que é oferecer e facilitar o diagnóstico a este público que pode estar infectado, transmitindo e não saber.
“O cuidado deve ser contínuo, continuamos tendo o vírus ativo em nossa sociedade e a população deve manter os cuidados preventivos para reduzir os riscos de contágio. Temos percebido que muitas pessoas que testaram positivo na ação foram pessoas que não apresentam sintomas e precisamos orientar para que essas pessoas mantenham isolamento social a partir deste resultado”, explica.
Ela ainda alerta para os cuidados respiratórios que devem ser seguidos rigorosamente, como por exemplo: utilizar a dobra do antebraço para cobrir nariz e boca evitando utilizar as mãos ao espirrar, utilizar lenços de papel descartáveis ao espirrar, reforçar a atenção para o uso da máscara de forma adequada, principalmente por pessoas com sintomas gripais.
A ação contou com a parceria da Prefeitura através do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador, Via Bahia, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Agência Nacional de Transportes Terrestres e da rede Lubrijau.

Postar um comentário

0 Comentários