Contratos de oficineiros do Programa Arte de Viver são prorrogados pela Prefeitura


Os contratos administrativos de trabalho dos oficineiros do Projeto Arte de Viver, encerrados no primeiro semestre, depois de dois anos de atividades, foram prorrogados por mais 18 meses. A prorrogação, havendo necessidade de continuidade do programa, está prevista no edital publicado para a seleção pública.

Foram prorrogados os contratados de 27 profissionais que atuam nas áreas de dança, artes plásticas, teatro e música. O programa de natureza artístico e cultural, que é gratuito, atende milhares de pessoas de todas as idades, é mantido pela Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Fundação Cultural Egberto Costa.
O público das oficinas é formado por criança, jovem, adulto ou pessoas da terceira idade, residentes em Feira de Santana e região metropolitana, incluindo pessoas com necessidades especiais e mobilidade reduzida.
Devido à pandemia do novo coronavírus, as atividades presenciais do programa estão suspensas.

Postar um comentário

0 Comentários