Auxílio de R$ 600: 1,5 milhão de pedidos feitos em abril terão prioridade


Neste fim de semana, a Dataprev revelou que 1,5 milhão de cadastros do auxílio emergencial que foram feitos em abril terão prioridade no processamento. Esses requerimentos feitos em abril estão retidos para processamento adicional.

Foi fechado acordo entre a Defensoria Pública da União e governo para cumprir prazo de até 20 dias para que a análise dos pedidos seja concluída. O benefício foi criado para auxiliar a parcela mais vulnerável de trabalhadores durante a pandemia do novo coronavírus: desempregados, autônomos, informais e microempreendedores individuais (MEIs).
Nas redes sociais, há cidadãos que afirmam esperar a resposta do cadastro há mais de 40 dias. Os cadastros feitos em abril e ainda sem resposta, há mais de 30 dias, são 1,3% do total de 112,5 milhões de cadastros.
O acordo entre o governo e a Defensoria Pública da União foi feito após várias ações na Justiça pedirem liberação imediata do auxílio de R$ 600 por causa da demora na resposta. A Dataprev afirmou que pretende terminar a análise dos cadastros feitos em maio ainda esta semana.

Postar um comentário

0 Comentários