Vacinação contra a gripe tem baixa adesão entre caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo em Feira de Santana


Cerca de 923 caminhoneiros e 272 trabalhadores do transporte coletivo foram vacinados contra a gripe influenza até o momento em Feira de Santana. Este novo público foi adicionado pelo Ministério da Saúde na campanha nacional de vacinação contra influenza e estão sendo imunizados desde o dia 16 de abril. No município cerca de 88.588 pessoas foram vacinadas até o momento.

A campanha seria até o dia 22 de maio, mas foi prorrogada para o dia 5 de junho, e a Prefeitura através da Secretaria de Saúde tem abastecido as unidades conforme recebimento das doses pelo Núcleo Regional de Saúde Centro Leste.
De acordo com Simone Neves, coordenadora do setor de imunização, a adesão tem sido baixa entre caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo. “Avaliando os dados percebemos que há uma baixa adesão deste público e por este motivo reforçamos que as nossas unidades de saúde estão de portas abertas para imunizar estas pessoas”, afirma a enfermeira.
Ainda segundo ela, o Ministério da Saúde não dispõe de um quantitativo total deste público e por este motivo não é possível traçar uma meta a ser alcançada. “Sabemos que Feira de Santana possui um entroncamento rodoviário e por este motivo consideramos que a adesão tem sido baixa”, explica.
Estratégias para reforçar essa vacinação de caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo tem sido realizadas pela Prefeitura, como a disponibilização das doses e uma equipe para administrar a vacina no ambiente de trabalho destes profissionais. Este serviço pode ser solicitado pela empresa por meio de ofício encaminhado ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), contendo nome completo de todos os trabalhadores do transporte coletivo, incluindo cobradores, para estimar o total de doses e agendar a vacinação.
“Recentemente a Polícia Rodoviária Federal realizou uma ação de vacinação em parceria conosco voltada para os caminhoneiros e policiais rodoviários”, lembra Simone Neves.
Profissionais da força de segurança e salvamento também fazem parte do público alvo nesta segunda fase da campanha e cerca de 2.238 pessoas foram imunizadas.  
Na primeira fase da campanha até o momento, cerca de 21.602 trabalhadores da saúde foram imunizados. Já os idosos atingiram a marca de 61.843 vacinados.

Postar um comentário

0 Comentários