Trabalhadores do transporte escolar reivindicam regulamentação e isenção de taxas


Acorda Cidade - Trabalhadores do transporte escolar de Feira de Santana realizaram um protesto, na manhã desta sexta-feira (1ª), feriado do Dia do Trabalho, para , mais uma vez, reivindicar regulamentação do serviço e isenção, neste ano, do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e  Imposto sobre serviço (ISS).

Com a suspensão das aulas, por conta da pandemia de Covid-19, eles estão parados e muitos pais suspenderam o pagamento.  Usando máscaras por conta do risco de contaminação do vírus, eles se concentraram, mantendo o distanciamento social, ao lado do Estádio Alberto Oliveira (Joia da Princesa), e depois saíram em carreata em direção a prefeitura. Cerca de 30 pessoas participaram do ato. Desde ontem a categoria está protestando.
A presidente da Associação de Transportadores Escolares, Renilda Nunes, informou ao Acorda Cidade, que cerca de 50 profissionais atuam no transporte escolar de forma legalizada, na cidade, e que muitas famílias têm esse serviço como única fonte de renda.
Renilda informou também que se reuniu com o prefeito Colbert Martins Filho e levou ao conhecimento dele essa situação.
“O prefeito e o secretário de transportes Saulo Figueiredo, e marcamos uma nova reunião, na próxima segunda-feira (4), para tratar da regulamentação do transporte escolar de Feira de Santana. Quanto a isenção do IPVA e ISS, o prefeito pediu que a gente formalizasse um pedido para a secretaria analisar”, informou.
Conceição Medeiros, que também atua no setor, reforçou que a categoria passa dificuldade e que os transportadores não receberam o auxílio emergencial do governo. “A gente se sente incapaz. Partimos para pedir ajuda às autoridades e não temos resposta, por isso estamos aqui reivindicando nosso direitos, até porque não somos clandestinos. Pagamos ISS, fazemos vistoria anual nos veículos e temos direito de cobrar as autoridades para que façam algo por nossa categoria."

A transportadora escolar, Gerliane Bezerra, destacou a importância das isenções dos impostos neste momento e disse que a categoria está arrecadando alimentos para ajudar alguns colegas, que estão em situação mais delicada, e também para outras famílias.

“Com esta movimentação que estamos fazendo desde ontem aqui em frente ao estádio Joia da Princesa, estamos em busca de algumas isenções. Estamos esquecidos pelo governo, tanto estadual quanto federal, mas somos lembrados pelos bancos. Temos vários colegas que têm veículos financiados e, estão recebendo várias ligações de bancos. Estamos buscando isenção de IPVA e de ISS, várias cidades já dão essa isenção, mas aqui na Bahia não temos. Estamos cobrando essa isenção apenas neste momento de pandemia, pedimos também para que o prefeito de nossa cidade nos assessore de uma forma melhor mediante toda essa situação, porque a gente está de pés e mãos atados. A gente não tem onde pedir socorro, a gente não tem onde gritar. Aproveito para agradecer ao cantor Willian de Castro por ter arrecadados cestas básicas em uma live e doado algumas pra gente”, declarou.
Quer ajudar?
Para doar cestas básicas pode ligar para 75 9226 4993 (Gerliane Bezerra).
Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários