Terrenos baldios em vários bairros da cidade preocupam moradores; secretário diz que está fiscalizando


O Acorda Cidade tem recebido nos últimos dias diversas reclamações e fotos de terrenos baldios em vários bairros de Feira de Santana com muito lixo e focos de mosquito da dengue. Nossa reportagem ouviu o secretário municipal de Serviços Públicos, Justiniano França, que afirmou que o município tem agido com relação a esse problema.

Segundo ele, um trabalho de fiscalização está sendo feito e os proprietários dos terrenos irregulares estão sendo notificados. Justiniano ressaltou a importância de se ter cuidado com o acúmulo de lixo, devido ao alto índice de dengue, zika e chikungunya no município de Feira de Santana.
“Estamos notificando imediatamente os donos dos terrenos, a prefeitura está fazendo a limpeza e encaminhando para o aterro sanitário. O custo do maquinário da hora e da disposição final, estamos preparando para que possamos encaminhar com a multa o débito desse serviço para o proprietário do terreno”, informou o secretário ao Acorda Cidade.
De acordo com o secretário, a multa fica em torno de um salário mínimo pelo descarte irregular. Ele disse que está pedindo a construção de muro e passeio para os terrenos que ainda não tem e aqueles que já têm, precisam permanecer limpos.
“Temos a coleta domiciliar que acontece em todos os bairros da cidade e distritos de forma regular e não há necessidade de se fazer esse tipo de descarte de lixo de forma irregular. Ainda existem pessoas que, financeiramente, são carentes e que se tiver algum tipo de utensílio que queira descartar, podem ligar para 156 que o ‘bota fora’ vai ao local recolher. Não é necessário jogar lixo em terrenos baldios”, destacou.
Entre os bairros com os maiores números de reclamação sobre terrenos baldios estão Conceição, Santa Mônica e a região do Papagaio, segundo informou Justiniano França.
Notificações
Na edição do Diário Oficial desta quinta-feira (21), a prefeitura divulgou um edital com autos de infração contra donos de terrenos baldios. Confira aqui (link direto para o autos de infração aqui). 
Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários