Prefeitura de Feira de Santana registra 5º óbito de paciente com covid-19


O boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde divulgou, nesta sexta-feira (22), o quinto óbito de paciente com covid-19 residente em Feira de Santana. Segundo o boletim, trata-se de uma mulher de 72 anos, portadora de comorbidades (hipertensão e diabetes), que compareceu a uma unidade de saúde em estado grave, e evoluiu logo em seguida para óbito.  Segundo a secretaria, o óbito foi comunicado no dia 17 de maio e o resultado do exame foi divulgado hoje (22). A unidade de saúde onde ela foi atendida não foi informada.

Assim como ocorreu com a quarta vítima, a quinta morte divulgadas pela prefeitura de Feira de Santana ainda não entrou na relação de óbitos da Secretaria Estadual de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). 
Histórico
4º óbito em Feira - mulher de 51 anos residente em Feira de Santana. Ela já se encontrava hospitalizada em Salvador desde o dia 09 de março, em decorrência do seu quadro de saúde (diabética, ICC, hipertensa e complicações renais), e só veio a apresentar sintomas de covid-19, no dia 24 de abril, quase dois meses após sua transferência para a capital, demonstrando que a mesma adquiriu a infecção fora do município de residência

Configura-se que o local de infecção para coronavírus foi Salvador, mas o caso entra para as estatísticas de Feira pelo critério de origem do domicílio. O registro da morte como caso de covid-19 foi feito na quinta-feira, dia 21 de maio.


3º óbito em Feira e o 347º na Bahia – mulher, 46 anos, residente em Feira de Santana, comorbidades hipertensão arterial e obesidade, veio a óbito dia 19/05, em hospital da rede pública em Salvador.

2º óbito em Feira e o 240º na Bahia - homem, 76 anos, residente em Feira de Santana, comorbidades diabetes, doença cardiovascular crônica, doença neurológica crônica, veio a óbito dia 11/05, em hospital da rede pública em Salvador.

1º óbito em Feira e o 38º na Bahia – mulher de 82 anos, residente no município de Feira de Santana, com histórico de doença vascular crônica e diabetes. Ela estava internada em um hospital público de Salvador desde o último dia 5 de abril, vindo a falecer dia 18 de abril.

Um caminhoneiro do Rio Grande do Sul que estava em viagem e foi internado em um hospital particular de Feira de Santana, onde morreu, não entrou para os casos locais, por ser um caso de outra cidade.

Postar um comentário

0 Comentários