Níveis de isolamento seguem abaixo de 50 por cento em Feira de Santana


Os níveis de isolamento social registrados nos últimos dias em Feira de Santana seguem abaixo do mínimo admitido pelo Ministério da Saúde. Na quinta, 28 e na sexta-feira, 29, os índices foram de 47,2% e 46,1%, respectivamente. Os números são apresentados através de uma ferramenta de medição disponibilizada pelo Governo Federal, através do Ministério do Planejamento e adotada pela Prefeitura Municipal.

Assim como nos demais dias, os números vêm indicando uma queda de adesão ao isolamento, desde o segundo dia que começou a ser contabilizado – o maior índice foi no domingo, 24 de maio, com 51,7%. A menor taxa foi a apresentada na última sexta, de 4.6,1%.
O índice considerado satisfatório pelo Ministério da Saúde é de 70%. Abaixo de 50%, o nível é visto como abaixo do mínimo admissível e, por isso, preocupante. O município ainda não conseguiu alcançar a taxa considerada satisfatória, mesmo como todas as recomendações do Governo Municipal e as ações de fechamento do comércio e força tarefa de combate a aglomerações.
Na sexta-feira, mesmo com o comércio fechado, foi possível identificar um grande número de pessoas nas ruas. O prefeito Colbert Martins Filho, pede para que as pessoas fiquem em casa. “Só saiam em caso de extrema necessidade. E se sair, tome todas as medidas de segurança, usando máscaras e utilizando o álcool em gel. Nos bairros, as pessoas devem se manter em suas casas também, evitando aglomerações”, aconselha.
O monitoramento tem sido feito nas grandes cidades brasileiras desde a adoção da campanha pelo isolamento social (fique em casa!) para evitar aglomerações durante o período de pandemia do coronavírus no país.
Atualização dos dados acontece sempre as 15h, mas a referência é ao movimento do dia anterior. Portanto, o nível de isolamento neste sábado, 28, será divulgado na tarde desta sexta.
A tecnologia é executada a partir de dados fornecidos pelas grandes operadoras de telefonia celular no país (Claro, TIM, Oi e Vivo). O serviço verifica a movimentação das pessoas e aglomerações através dos seus smartphones.

Postar um comentário

0 Comentários