Governo de Feira reforçou apelo do segmento artístico-cultural por aprovação de ajuda pelo Congresso Nacional


O Governo Municipal de Feira de Santana reforçou as reivindicações do segmento artístico-cultural no sentido de conseguir apoio do Governo Federal durante a crise ocasionada pelo coronavírus. O prefeito Colbert Martins Filho e o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Felloni Borges, reforçou ao presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre, solicitando o atendimento aos apelos o mais rápido possível.

Um manifesto do segmento solicita a aprovação, pelo Congresso Nacional, em caráter de urgência, da Lei de Emergência Cultural (Projeto de Lei 1075), e a Execução total do Fundo Nacional de Cultura para ações de fomento a agentes e espaços culturais.
O prefeito e o secretário também enviaram um apelo aos deputados federais que tiveram votações em Feira de Santana, solicitando a aprovação dos dois projetos de lei.
“A Prefeitura está de mãos atadas para promover eventos, festejos, lives, pois há inclusive proibição do Tribunal de Contas dos Municípios e do Ministério Público de qualquer aplicação de dinheiro no setor. O secretário Edson Borges tem conseguido cestas básicas para Associação dos Músicos, Associação de Bandas e Associação dos Técnicos de Som. Entendemos que a ajuda tem que vir mesmo do Governo Federal, com respaldo do Congresso Nacional”, afirma o prefeito.

Postar um comentário

0 Comentários