Feira de Santana receberá R$ 6,3 milhões em investimentos com nova empresa e ampliação de outras duas


Feira de Santana tem previsão de receber investimentos no valor de R$ 6,3 milhões, com a implantação de uma empresa e duas ampliações de empreendimentos já em funcionamento no município. Os protocolos de intenções foram assinados na quarta-feira (29), na Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE).

“Atrair investimentos para a Bahia em um momento de crise mundial, econômica e de saúde pública, como este que estamos vivendo, é ainda mais importante. O trabalho não para. Abrimos uma frente com ações que minimizam os efeitos da pandemia, sem perder o foco da atração de negócios”, afirma o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico.
A implantação ficará por conta da empresa Princesa Indústria e Comércio de Móveis, que vai investir R$ 1,5 milhão na produção de móveis - armário, cadeira escolar, cadeira de escritório, conjunto de mesa e cadeiras, conjunto para refeitório e quadro negro. A unidade industrial terá capacidade de produção de 20 mil peças/ano e serão gerados até 30 empregos diretos.
Já a H M Móveis, do mesmo segmento, irá ampliar sua fabricação de móveis com predominância de metal. O investimento também será de R$ 1,5 milhão, com a geração de 23 novos empregos diretos e manutenção dos 44 empregos diretos existentes, além de aumento na capacidade de produção de 16,4 mil peças ao ano.
A fabricante de fertilizantes e adubos Sais Nordeste Indústria e Comércio vai investir R$ 3,3 milhões para ampliar sua produção. Serão criados 20 novos empregos e mantidos os 39 existentes. Atualmente a empresa produz 16,3 mil toneladas/ano e após a ampliação o aumento na capacidade de produção será de 2 mil t/ano.

Postar um comentário

0 Comentários