Gestores e coordenadores pedagógicos recebem primeiras orientações em curso sobre a utilização dos chromebooks em sala de aula


Professores, coordenadores pedagógicos e gestores escolares receberam as primeiras orientações durante o curso virtual do qual vão participar nos próximos meses para aprender a utilizar os chromebooks nos ambientes escolares. A aula inaugural, que aconteceu durante videoconferência em uma ferramenta do Google, foi na tarde desta quarta-feira, 22, e contou com participação de 60 professores.

Além dos profissionais da Educação, também participaram da primeira aula o prefeito Colbert Martins; o secretário de Educação, Marcelo Neves; e chefes e técnicos da Seduc. Em sua fala, o prefeito pontuou que esta capacitação é uma grande oportunidade para adquirir novos conhecimentos e representa um passo importante na busca constante pela oferta de uma educação melhor para as crianças e jovens de Feira de Santana.
O secretário Marcelo Neves destacou a importância da participação dos professores. “Essa iniciativa é fundamental neste momento de suspensão das atividades presenciais, pois devemos continuar nos capacitando. Os chromebooks são ferramentas fantásticas. Tenho certeza de que todos ficarão entusiasmados e vamos conseguir dar o melhor aos nossos alunos”, avaliou.
Recentemente, a Secretaria de Educação adquiriu 1.000 chromebooks que serão distribuídos entre as escolas da Rede Municipal de Feira de Santana. A capacitação, intitulada “Chromebook em sala de aula: ampliando o uso da ferramenta Google for Education”, é resultado de uma parceria entre a Seduc, o Google e o Instituto Paramitas, que se encarregará de ministrar as aulas.
Neste primeiro encontro, os educadores conheceram o formato em que o curso será desenvolvido e como será seu andamento. Ao todo, cinco módulos serão estudados – um a cada semana. Ao fim de cada capítulo, será feita uma nova videoconferência para troca de dúvidas e experiências. Os vídeos serão gravados e ficarão disponíveis no Google Sala de Aula. O cronograma do curso também ficará disponível.
O Instituto Paramitas também disponibiliza um canal no YouTube no qual tira dúvidas sobre as ferramentas do Google que poderão ser utilizadas como aparato para as atividades escolares: o “Vídeo Dicas Google Educação”.
O acesso às ferramentas será feito via e-mail institucional. Os endereços eletrônicos já foram criados pelo Departamento de Ensino da Seduc. Quem tiver algum tipo de problema com esta etapa deve entrar em contato com a professora Luíza Sélis, chefe do Núcleo de Tecnologias Educacionais da Secretaria de Educação.
GOOGLE FOR EDUCATION
O objetivo da formação, através de uma ferramenta do próprio Google, é favorecer e estimular a utilização dos chromebooks no ambiente escolar. Eles são aparelhos parecidos aos notebooks, porém, com a especificidade de acessar apenas a “nuvem”. Ou seja, tudo que é produzido e guardado através do equipamento deve estar na Internet.
Ao invés de irem até os laboratórios de informática, os estudantes terão contato com o equipamento em sala de aula. Os professores que participam da formação serão orientados sobre as diversas formas interessantes e divertidas de utilizar os chromebooks nas salas de aula. Eles devem aliar as práticas às ferramentas do Google For Education, como o Hangout, Google Earth e o Google Sites, além de diversos outros aplicativos.
Aline Gomes, professora da Escola Municipal Eduardo Fróes da Motta, foi uma das educadoras que participaram da videoconferência. Ela destaca que a formação é de grande importância para a Rede. “Os chromebooks vão oportunizar aos alunos o contato com estas ferramentas. Isso será de grande utilidade enquanto instrumento pedagógico”, afirma.

Postar um comentário

0 Comentários