economia

Governo adia prazo de declaração do Imposto de Renda para 30 de junho


O Povo Online -  O Governo Federal anunciou na tarde desta quarta-feira, 1º, a prorrogação em dois meses do prazo para declaração do Imposto de Renda de Pessoas Físicas (IRPF). Antes com limite em 30 de abril, agora o procedimento poderá ser feito até 30 de junho.

O secretário especial da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto, anunciou a prorrogação em coletiva realizada no Palácio do Planalto. Segundo ele, a medida visa auxiliar pessoas que estão em isolamento social, realizando trabalho remoto, mas cujos documentos necessários para realizar a declaração permanecem na sede da empresa. Ele afirmou, porém, que o ritmo de entrega de declarações neste ano está superior ao do ano passado.
Tostes também anunciou outras medidas para auxiliar no combate aos impactos do coronavírus na economia. O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre operações de crédito terá desoneração total por 90 dias, e as contribuições de abril e maio do Programa de Integração Social (PIS), do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e da contribuição patronal para a Previdência Social poderão ser pagas de agosto a outubro.
Com informações da Agência Brasil

SOBRE Santiago Live

1 comentários:

Tecnologia do Blogger.