Polícia Civil divulga número de WhatsApp para receber denúncias sobre homicídios em Feira de Santana


Com o objetivo de criar um canal de comunicação mais próximo com a comunidade, a Delegacia de Homicídios (DH) divulgou um número de WhatsApp (75 99703.4452) para que a população possa ajudar a polícia, por meio de denúncia, na investigação e elucidação de homicídios praticados em Feira de Santana.

O sigilo do denunciante é garantido e, além de enviar mensagens, as pessoas também podem fazer ligações, conforme ressalta o delegado Rodolfo Faro, titular da DH.

Delegado Rodolfo Faro (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)
Sabemos que em nossa cidade tem acontecido crimes graves, ao nosso lado, próximo à nossa casa. Muitas pessoas inocentes têm sido vítimas desta disputa desenfreada do tráfico de drogas em nossa cidade, que domina os índices de criminalidade em Feira de Santana. Esse canal é uma tentativa de aproximar a Delegacia de Homicídios com a população, estreitar esse laço e possibilitar a identificação de autores de crimes de homicídios para que a gente possa dar uma resposta a sociedade. 99703.4452, esse é o nosso canal de WhatsApp, podem fazer ligações também. As pessoas podem ficar despreocupadas porque o sigilo da identificação é garantido. Não temos pretensão de colocar a vida de ninguém em risco, mas a gente abrindo esse canal de diálogo, as pessoas podem e devem contribuir com a segurança pública de nossa cidade no intuito de que possamos assim identificar os autores de delitos e representar pelas medidas cabíveis junto à justiça”, afirmou o delegado ao Acorda Cidade.

Rodolfo Faro disse que ele mesmo é quem vai receber as mensagens e que as denúncias serão checadas.

“Eu vou concentrar esse número telefônico comigo mesmo. A gente já tem algumas pessoas de alguns bairros que já ajudam de maneira informal, já tem esse compromisso com as pessoas que residem naqueles bairros e já existem outros canais de informações, mas esse aqui vai ser disponibilizado de maneira geral e as pessoas que quiserem contribuir e tentar, pelo menos ter o seu bairro mais tranquilo, pode confiar nesse canal via WhatsApp. Apenas eu terei acesso a essas informações. Sabemos que tem muita informação falsa, mas todas serão checadas e assim a gente vai com certeza melhorar os índices de elucidação, e tentar trazer um pouco de tranquilidade para a nossa sociedade. A obrigação é do estado, mas todos nós temos a obrigação de contribuir com a segurança da nossa sociedade, e essa é uma forma de contribuir, mesmo que de maneira anônima”, declarou.

O delegado lembra que existe um disque denúncia oficial cujas denúncias são encaminhadas para a central de Salvador. E o 181.

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários