variedades

Obras de ampliação do CMPC estão em ritmo acelerado


As obras de ampliação do Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez (CMPC) seguem em ritmo acelerado e deverão ser concluídas dentro do prazo previsto, em abril. Resultado de investimentos do Governo Municipal, por meio da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, os serviços vão resultar na melhoria e na capacidade de atendimento ofertado aos usuários da rede municipal de saúde.
  
Passam por reformas os consultórios de especialidades médicas, enfermarias, as salas de atendimento, a recepção, o refeitório, além dos banheiros e salas do setor administrativo. Os serviços incluem, ainda, a troca do telhado da unidade e a ampliação de mais duas salas destinadas aos atendimentos de psicologia e de serviço social. Os recursos são do Tesouro Municipal.  
“Essa reforma vai fazer toda a diferença no atendimento especializado, que é ofertado pela Prefeitura à população”, afirma a diretora-presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas. Segundo ela, o CMPC vai receber estrutura física moderna e climatizada para proporcionar mais conforto para os usuários e profissionais de saúde.
“É um desejo do prefeito Colbert Martins humanizar o atendimento não apenas no CMPC como também no CMDI (Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem), no Hospital da Mulher, enfim, na rede de saúde. Desta forma, o município também está investindo na aquisição de novos equipamentos, o que vai aumentar a oferta dos serviços oferecidos e dar maior celeridade no atendimento”, frisa Gilberte Lucas.
Atendimentos mantidos
Mesmo em reforma há quatro meses, o CMPC vem mantendo os serviços oferecidos à população, que incluem atendimentos de ginecologia, urologia, dermatologia, biópsia de colo, biópsia de próstata, ultrassonografia, punção de mama, punção de tireoide, eletrocauterização, colposcopia, dentre outros exames. Os atendimentos são referenciados.  
 “Esta é a segunda reforma que o CMPC passa desde a sua inauguração, em abril de 2004. Estamos trabalhando inclusive nos feriados para agilizar os serviços e terminar a reforma o quanto antes”, pontua a coordenadora Kênia Lasse.
Em 2019 foram realizados 38.454 procedimentos, dentre os quais 1.722 mulheres passaram por atendimento com ginecologista e 1.438 homens receberam atendimentos com o urologista.

SOBRE Santiago Live

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.