Capitania faz vistoria nas balsas com fogos de artifício no Rio


As dez balsas com 17 toneladas de fogos de artifício que serão levadas para a Praia de Copacabana foram vistoriadas na manhã de hoje (30) pela Capitania dos Portos, pela Coordenadoria de Fiscalização de Armas e Explosivos da Polícia Civil e pelo Corpo de Bombeiros.

As balsas estão atracadas na Ilha do Governador. As embarcações serão rebocadas a partir das 18h de hoje e a operação deverá ser encerrada até as 6h de amanhã (31).
O capitão dos Portos do Rio de Janeiro, André Luiz de Andrade Felix, explicou que as balsas serão posicionadas entre 450 metros e 500 metros de distância da orla da praia e disse que todas estão aptas a ir para as suas posições. “Por detrás das balsas, ficam as áreas para os que querem assistir a queima de fogos pelo mar”, disse.
A Capitania dos Portos fará a fiscalização das embarcações particulares que acompanham os fogos. A expectativa do órgão é que cerca de 200 embarcações estejam ao redor do cordão de isolamento no momento da virada.
A Marinha também orienta a todos os praticantes de esportes náuticos para que não se aproximem das balsas como ocorreu no ano passado. “A pessoa se coloca em risco. Por isso existe essa distância de segurança”, completou Felix.
Além das balsas no réveillon em Copacabana, a Praia do Flamengo terá três balsas, outras seis irão para a Praia de Icaraí e uma será posicionada na Praia de Itaipu, em Niterói.
Segundo o presidente da Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur), Marcelo Alves, a expectativa é receber três milhões de pessoas no ano novo em Copacabana. A cidade receberá 1,9 milhão de turistas nacionais e estrangeiros para a festa da virada, de acordo com Alves. “O tema deste ano da festa é Amor a Cada Vista. Cada ângulo que o turista se depara, ele se encanta pela cidade”.
O show pirotécnico em Copacabana vai durar 14 minutos. As balsas estarão conectadas por GPS e iniciarão a queima de fogos à meia noite, sem a necessidade de serem acionadas pelas pessoas embarcadas.
 Vistoria das balsas com os fogos de artifícios da festa do Réveillon Rio 2020, na Ilha do Governador, zona norte  cidadeBalsas com os fogos de artifícios da festa do Réveillon Rio 2020 estão aptas a ir para as suas posições (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Segundo o responsável pela queima de fogos em Copacabana, Marcelo Kokote, da empresa Vision Show, cubos em 3D, as tradicionais carinhas felizes, corações e cascatas, bombas que desenham o planeta saturno, além de surpresas com novas bombas estarão no show multicolorido. O espetáculo está sincronizado com uma trilha musical que começa com música clássica e passa por diferentes ritmos como funk, MPB e termina com samba.

Operação Réveillon

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro inicia, na tarde de amanhã (31), a Operação Réveillon 2020. A corporação terá cerca de 350 militares nas principais áreas de concentração de público.
Em Copacabana, equipes de combate a incêndio, salvamento e atendimento pré-hospitalar vão compor um quadro de aproximadamente 120 bombeiros, sendo que 30 deles estarão dedicados às atividades de socorros marítimos. A operação vai disponibilizar também viaturas e embarcações para realizar os atendimentos de emergência no entorno do evento.
Na capital, militares estarão a postos em locais como Flamengo, Botafogo, Ipanema, São Conrado, Parque Madureira, Penha, Ilha do Governador, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Barra de Guaratiba, Paquetá e Sepetiba.
Edição: Carolina Gonçalves

Fonte: Agência Brasil

Postar um comentário

0 Comentários