feira de santana

Mais uma casa de farinha é inaugurada na zona rural de Feira de Santana


Localizada numa região onde a grande maioria dos pequenos agricultores sobrevivem do plantio de mandioca, a casa de farinha da comunidade do Jenipapo, em Humildes, inaugurada neste sábado, 9, será fundamental para o processo de produção de farinhas e derivados da mandioca.

Antes, lembra o presidente da Associação dos Moradores do Jenipapo, Joselito Ribeiro, tinham que ir para o povoado de São Cristóvão, no vizinho município de São Gonçalo dos Campos, distante cerca de três quilômetros. Cerca de 60 famílias cultivam o tubérculo.
“A casa da farinha na nossa comunidade vai estimular o plantio da mandioca, já tão presente nos nossos terreiros”, afirmou o presidente da associação. “Além de economizar a nossa energia que gastava para levar a mandioca para o São Cristóvão, não vamos gastar com este transporte”.
O prefeito Colbert Filho afirmou que o equipamento de uso comunitário vai contribuir para que os produtores rurais melhorem de vida. “Ver as famílias progredindo, trabalhando as suas terras, tirando seus sustentos dela, é o que a gente quer ver, sempre”.
Enfatizou que a construção da casa de farinha, totalmente mecanizada, foi resultado de esforço coletivo. “Um trabalho de equipe”. E afirmou que o município compra verduras e legumes produzidos no distrito e destinados à alimentação escolar. O investimento foi de R$ 80 mil.
O secretário de Agricultura, Joedilson Freitas, lembrou que nasceu no distrito e que se sentia honrado naquele momento por estar no grupo que trabalhou para a instalação do importante equipamento que vai beneficiar diretamente dezenas de famílias.
Disse ainda ter certeza de que a farinha produzida na unidade será de qualidade superior, dada a conhecida tradição da comunidade o trato com o tubérculo. “A Seagri trabalha com a produção e o abastecimento de água, onde estamos realizando uma força tarefa nos distritos”.
O secretário de Comunicação, Valdomiro Silva, enfatizou que a casa de farinha é um equipamento que vai gerar ocupação e renda para as famílias do Jenipapo. “Este é um dos marcos de uma gestão, que é trazer benefícios para uma comunidade”.
Os vereadores Fabiano da Van, Zé Curuca e Edvaldo Lima, parabenizaram os moradores pela nova realidade na produção da farinha e o prefeito Colbert Filho, por promover esta mudança.
Também estiveram na comunidade os secretários Paulo Aquino, Mário Borges e José Pinheiro, e o superintendente do Procon, Ícaro Ivvin – futuro Procurador Geral do Município.

SOBRE Santiago Live

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.