esporte

Competição de voo livre trará a Feira de Santana pilotos de outros estados


Feira de Santana vai sediar nos dias 28 e 29 deste mês a 1ª etapa do Campeonato Baiano de Voo Livre, no Morro de São José, povoado Pé de Serra, distrito de Maria Quitéria. O evento deverá reunir cerca de 50 pilotos de todo o estado, que irão competir pelo ranking baiano. Também são esperadas as presenças de alguns pilotos de Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Alagoas, São Paulo e Rio de Janeiro.

A organização do campeonato é da Federação Baiana de Voo Livre e Associação Feirense de Voo Livre e conta com o apoio da Prefeitura Municipal. Neste ano, a Federação Baiana promoverá mais duas etapas, sendo a próxima em Santa Teresinha, nos dias 19 e 20 de outubro, e em Jacobina de 15 a 17 de novembro.
Entre os participantes inscritos na competição, quatro são mulheres. Três delas irão concorrer no parapente e a outra é piloto de asa delta, Karoline Oliveira, que é presidente da Associação Feirense de Voo Livre.
Segundo ela, esta será a primeira vez que Feira sediará um evento de voo livre deste porte. “Pretendemos trazer uma etapa do Campeonato Baiano para cá todos os anos. Para isto, esta etapa precisa ser um sucesso”, destaca.
Para o bom desempenho dos competidores, diz Karoline Oliveira, é preciso coragem, determinação, sensibilidade e, principalmente, treino. “Uma boa frequência de voo é determinante na evolução do piloto, pois ele estará sempre melhorando a sua técnica e ainda terá maior chance de aproveitar condições climáticas favoráveis para voos mais longos”, afirma ela, que há 15 anos é praticante do voo livre.
Morro de São José desponta no país
A presidente da Associação Feirense de Voo Livre afirma que o Morro de São José, embora ainda necessite de algumas melhorias, como uma rampa para asa delta – tida como ideal para dias com pouco vento – mirante e quiosque, cujos projetos estão prontos, possui hoje condições de acesso que há dez anos era impossível de imaginar.  
“O acesso a um ponto propício para decolagem parecia impossível em um terreno tão rochoso, e hoje chega carro até a atual rampa natural que já é utilizada praticamente em todos os finais de semana por pilotos de Feira, Salvador e outras cidades baianas”, conta.
Ainda de acordo Karoline Oliveira, a rampa no Morro São José desponta como um dos melhores pontos para voo de Cross Country no país. 
“O sertão possui condições climáticas ideais para gerar ‘térmicas’, que fazem com que asas e parapentes subam mais e consigam ir mais longe. Associado a isto, nosso relevo e malha viária são excelentes para voos distantes e mais seguros. Acreditamos que recordes de distância serão quebrados aqui”, pontua.


SOBRE Santiago Live

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.