manchetes

Prefeito Colbert Filho anuncia a construção do Centro de Educação Complementar


Com um depósito judicial no valor de R$ 9 milhões, o Governo Municipal deu um passo decisivo para transformar o Feira Tênis Clube em um  Centro de Educação Complementar. O complexo educacional será voltado à captação e formação pedagógica da Rede Municipal de Ensino, com ênfase na promoção de atividades esportivas e culturais.

A desapropriação da área de 12 mil metros quadrados, onde por décadas funcionou o tradicional clube social, ocorreu através de Decreto Municipal declarando o espaço de utilidade pública, com vistas a preservar o importante patrimônio arquitetônico da cidade.
O projeto arquitetônico, desenvolvido por uma equipe de arquitetos da Secretaria Municipal de Planejamento, vai abrigar a sede da Secretaria de Educação com os seus respectivos departamentos, bem como um auditório para 350 lugares.
Um Centro de Formação Pedagógico, dotado de oito salas multiuso e informática, também contará com dois auditórios com capacidade para  mil pessoas; salas de línguas.
A Secretaria de Educação será edificada num prédio de sete pavimentos, na rua Barão de Cotegipe, numa área onde funcionou o Ginásio de Esportes Péricles Valadares. O espaço contará com edifício/garagem.
A secretária Jayana Ribeiro (Educação) salientou que serão preservadas três piscinas remanescentes do Parque Aquático do Feira Tênis Clube. O objetivo é usá-las para a prática de esportes aquáticos, com prioridades para crianças e jovens portadores de algum tipo de deficiência.
De acordo com o prefeito Colbert Martins Filho, os recursos utilizados para erguer o complexo educacional são oriundos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), sendo que a obra está orçada entre R$ 20 a R$ 30 milhões, e deverá ser concluída dentro de um ano e meio.
“O Aristocrático” e sua memória
Fundado em meados da década dos anos l940, o Feira Tênis Clube, que em seu apogeu viveu momentos de glória, com suas festas e atrações antológicas, além da sua incomensurável contribuição para a formação de jovens atletas e para o esporte amador de Feira de Santana,  terá a sua memória e a sua história preservadas numa grande biblioteca.
De acordo com o secretário Carlos Brito (Planejamento), a construção do Centro de Educação Complementar é parte do projeto de requalificação do Centro Comercial de Feira de Santana:
“Se a Prefeitura não tivesse a iniciativa de adquirir este patrimônio histórico para preservá-lo, esta área seria transformada num grande supermercado atacadista. A biblioteca abrigará um acervo de toda a produção literária de autores exclusivamente feirenses, e será um centro de pesquisa e de preservação da nossa história”, disse.
O ato, ocorrido no Salão de Reuniões do Paço Municipal Maria Quitéria, na manhã desta terça-feira,16, é considerado um marco histórico pela Administração Municipal, e, segundo o prefeito Colbert Martins, “o Centro de Educação Complementar vai reunir todas as condições necessárias para a promoção da qualificação do Ensino Público, em Feira de Santana”, pontuou.
A solenidade contou com as participações de secretários municipais, lideranças políticas e representantes da imprensa.


SOBRE Santiago Live

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.