feira de santana

Salve grande Antônio, o santo do povo! Festejos foram encerrados nesta quinta


Uma igreja lotada. Centenas de fieis reunidos para expressar a fé e a devoção a Santo Antônio, um dos mais populares da Igreja Católica. Assim foram prestadas as homenagens ao padroeiro da Igreja dos Capuchinhos, na noite desta quinta-feira, 13 de junho. A missa presidida pelo arcebispo metropolitano dom Zanoni Demettino Castro encerrou os festejos em louvor ao santo.

O prefeito Colbert Martins Filho participou da celebração, que foi precedida por uma procissão pelas ruas do bairro levando o andor de Santo Antônio. Junto aos fieis, o pároco frei Mário Sergio Souza, religiosos da fraternidade capuchinha e sacerdotes da Arquidiocese.
Ao discorrer sobre a vida de Santo Antônio, o arcebispo falou da devoção do povo e o quanto essa festa é importante não só para a comunidade feirense, mas por todo o mundo. “O carinho por esse santo português é tão forte na vida do povo, que em vários lugares ele é celebrado. Santo Antônio é um santo de todos”, ressaltou ao frisar a fé que o santo nutria “sempre a serviço do povo”.
Português de família rica, Santo Antônio morreu aos 36 anos. Teve uma vida marcada pela espiritualidade franciscana. Era um exímio pregador do Evangelho, o santo da caridade. Na religiosidade popular também ficou conhecido como o “santo casamenteiro”.
A trezena de Santo Antônio teve como tema “Sede Santos”. Foram noites de missa, louvores, pedidos e agradecimentos pelas graças alcançadas. Em cada uma das treze noites, a realização também da tradicional quermesse.

SOBRE Santiago Live

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.