variedades

De cada 10 professores do fundamental, 4 não têm formação no que ensinam


Cerca de quatro em cada dez professores que davam aula para os anos finais do ensino fundamental (entre o 6º e o 9º ano) no Brasil em 2018 não tinham formação adequada para o que ensinavam, mostra o Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019. Isso corresponde, por exemplo, à situação de um professor formado em matemática, mas que acaba dando aulas de física.


Segundo o levantamento divulgado hoje, 37,8% dos docentes dos anos finais do ensino fundamental não tinham licenciatura ou complementação pedagógica na área da disciplina pela qual eram responsáveis.

No ensino médio, esse índice ficou em 29,2% dos educadores. O indicador não foi considerado para os anos iniciais do ensino fundamental porque, nessa etapa, ainda não há uma divisão clara entre as disciplinas ensinadas para os alunos.

O anuário é resultado de uma parceria entre o movimento Todos pela Educação e a editora Moderna e tem como base os microdados do Censo e os dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, realizados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019 aponta ainda que municípios brasileiros podem ter uma diferença de até sete vezes no investimento por aluno e no financiamento da educação.

Segundo o relatório, o município com maior investimento por aluno em 2015 fica no Rio Grande do Sul e destinou cerca de R$ 19,5 mil para cada estudante naquele ano.

Fonte: ResumododiaUOL

SOBRE Santiago Live

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.