economia

Aeroporto de Feira de Santana terá voo para Recife


O aeroporto de Feira de Santana vai passar a contar com um novo voo com destino a Recife. De acordo com Ítalo Oliveira, que é superintendente do aeroporto, esse voo vai substituir o voo atual aos sábados, que chega de Confins, segue para Salvador e retorna para Confins. Ítalo Oliveira acredita que esse novo voo vai gerar um ganho para Feira de Santana.

“Essas aeronaves vão passar a abastecer em Feira, coisa que deixamos de fazer quando o voo que está acontecendo atualmente começou a seguir para Salvador, então eles optam por abastecer em Salvador. Agora nós vamos ter um voo que vai nascer em Recife, vai vir para Feira e retorna para Recife novamente”, afirmou.

Segundo o superintendente, atualmente o aeroporto tem uma média de embarque de aproximadamente 40 passageiros. Ele acredita que com o novo voo o aeroporto vai aumentar o número de passageiros e a taxa de ocupação deve chegar a em torno de 40%, com uma média de 90 passageiros embarcando e desembarcando.
Voos diários
Com relação aos voos diários, o superintendente Ítalo Oliveira informou que existe uma carta de intenção da Azul, que após a liberação da operação IFR, que é a operação por instrumentos no aeroporto, a companhia aérea se comprometeu a colocar um voo diário, saindo de Feira de Santana pela manhã e retornando para pernoitar no aeroporto. Segundo ele, a proposta é fazer um voo direto, Feira de Santana/Campinas e no final da tarde saindo de Campinas para Feira de Santana.
“O voo teste para São Paulo foi muito proveitoso, com uma taxa de ocupação de 80% e esse voo é justamente o que eles querem colocar como diário no aeroporto de Feira”, informou.
Voos noturnos e muro
Os voos noturnos, segundo informou o superintendente, dependem da liberação do IFR, mas por enquanto não há previsão. Já sobre o muro que vai proporcionar a ampliação da pista, ele disse que a desapropriação da área está em fase final.
“Já contratamos uma empresa para fazer um levantamento, já foi feito o cadastro de todas as famílias envolvidas, das áreas. Agora estão sendo feitas as plantas para o governo do estado fazer o pagamento na sequência. Nesse processo nossa parte já foi feita e acredito que nos próximos 15 dias já tenhamos uma data prevista para o pagamento da indenização”, disse.
Fonte: Acorda Cidade

SOBRE Santiago Live

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.