Paixão pelo Flu: torcedor comemora 8 meses do filho no Estádio Joia da Princesa


Futebol é uma paixão nacional e só quem gosta sabe a emoção que é ver o time do coração em campo. Vibrar, torcer e emanar energias positivas são os verdadeiros compromissos de um torcedor de carteirinha. O professor de Educação Física Rafael Batista de Queiroz, de 34 anos, é um desses torcedores e sua paixão pelo Fluminense de Feira é algo tão familiar que é passada de geração em geração.

Foto: Arquivo Pessal
Sobre o amor pelo Flu, ele conta que aprendeu com os tios e desde a infância frequenta os jogos e conhece tudo sobre o time. Pai de Lucas, ele diz que a tradição de ser tricolor foi passada para o bebê ainda na barriga da mãe. O mini tricolor Lucas coleciona vários uniformes e objetos do time e, no dia 30, comemorou seus 8 meses de vida no gramado do Estádio Joia da Princesa durante a partida entre Fluminense de Feira e Jacobina. A festa, além da torcida do Touro do Sertão, contou com a presença de familiares, bolo temático e tudo mais.
Foto: Marcelo Oliveira

“Não perco nenhum jogo do time aqui na cidade e vou a quase todos os jogos fora de Feira. Minha relação com o time é excelente. Vou aos treinos e tenho uma boa relação com os jogadores, comissão técnica e diretoria. Os momentos marcantes na minha história como torcedor do Fluminense foram os títulos do Nordestino em 2006, da Copa Governador do Estado em 2015 e o acesso à primeira divisão do Campeonato Baiano em 2015”, afirmou Rafael em entrevista ao Acorda Cidade.
Foto: Arquivo Pessoal
Na casa de Rafael, além das melodias calmas e tranquilas das cantigas de ninar e infantis, na trilha sonora não faltam o hino do Fluminense de Feira nem o grito da torcida. O bebezinho vibra de alegria com tanta animação do papai e o torcedor acredita que toda essa paixão é cultivada no dia a dia.
Foto: Arquivo Pessoal
“Desde que ele estava na barriga da mãe eu o estimulo com relação ao futebol e ao Fluminense de Feira. Acredito que essa paixão será passada de pai para filho. Toda vez que o Fluminense vence uma partida eu sinto uma euforia imensa e isso influencia em toda a minha vida social. Vejo muitas crianças no estádio acompanhando os jogos do Fluminense por influência dos pais. Mas, para que a torcida se renove de geração a geração é preciso que o clube faça um trabalho de marketing forte. Com isso creio que a população feirense poderá voltar a frequentar o estádio como antigamente, que dava 20 a 25 mil pessoas no Joia em todos os jogos do Fluminense”, relatou.
Foto: Marcelo Oliveira
Rafael é daqueles torcedores que fazem questão de estimular o time, os jogadores e toda a equipe. Ativo e muito participante em tudo o que é referente ao Flu de Feira, ele também é responsável por um canal no Youtube, onde compartilha vídeos de vários momentos do time e também da integração entre a torcida. Conheça mais sobre o canal do torcedor aqui.
“Mêsversário de Lucas”
O mêsversário de Lucas no Joia da Princesa contou com a vibração da torcida, familiares, e a comemoração dos 8 meses de vida foi marcada pelo empate de 1x1 do Fluminense contra o Jacobina. O pequeno torcedor junto com o pai vai aprendendo que as vitórias nem sempre chegam, mas prevalece o espírito esportivo e o amor ao futebol e ao Touro do Sertão.
Foto: Marcelo Oliveira
Pela segunda vez no gramado, ele também esteve na partida de abertura do Campeonato Baiano do Fluminense x Bahia. Sentindo-se super à vontade no estádio, Lucas já deixa claro que o gramado do Joia será em breve sua segunda casa. A paixão tricolor de pai para filho corre na veia do bebê com a forte pulsação do sangue vermelho, verde e branco.
Foto: Arquivo Pessoal
Fonte: Acorda Cidade
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário