Cláudio Prates reclama da arbitragem, mas reconhece: 'A gente pode dar mais'


Após o empate em 1 a 1 entre Bahia e Atlético de Alagoinhas na noite de quarta-feira (7), o técnico do time B do Tricolor, Cláudio Prates, disse não ter ficado satisfeito com o resultado. Segundo o comandante, a arbitragem interferiu no resultado da partida. Sobre o desempenho, Prates afirmou que o time poderia ter saído com os três pontos.


"Saio um pouquinho chateado. A gente evita de comentar arbitragem, ter um posicionamento para a equipe. Tivemos com jogadores no primeiro jogo no profissional, e nas três substituições, três estavam com cãibra. Fiquei um pouco apreensivo de fazer uma troca ofensiva que o jogo pedia. No geral, os meninos deram o máximo, campo pesado, sentiram a experiência do Atlético, mas ficou o gostinho de ter vencido aqui", afirmou.

"Vão me ver falar pouco, mas ficou muito claro. Não saiu toda, gol claro do Caíque. Achei bem mais pênalti do que eles tiveram. Eles apoiam no Matheus. Prefiro cobrar dos jogadores do que a arbitragem, mas infelizmente foram lances capitais que poderiam nos dar os três pontos", completou.

Ao adentrar no desempenho do time, Prates afirmou que os seus comandados tiveram uma postura que não foi adequada para a situação do jogo.

"A gente continua a pecar. O começo do jogo foi incrível. Após sofrer o gol chegamos no empate. Estamos sendo muito verticais. O campo e clima do jogo não favoreciam isso, a gente tinha que cadenciar mais. Faltou um pouquinho de calma, mas gostei das atuações individuais, esperava mais na coletiva. Mas voltei a cobrar deles: a gente pode dar mais", completou.

Os jovens tricolores voltam a entrar pelo estadual no próximo domingo (10), contra o Jacobina, na Arena Fonte Nova, pela quinta rodada do estadual.

Fonte: Bahianotíciasesporte

Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário