variedades

Centro de Endemias intensifica ações de combate ao mosquito da dengue em Feira


O Centro de Endemias de Feira de Santana está intensificando as ações em todo o município para reduzir os focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika e chicungunya. Nesta sexta-feira (8), o trabalho está sendo realizado em algumas localidades da zona rural, como Candeia Grossa e Posto São Cristovão.

De acordo com a bióloga do Centro de Endemias, Cíntia Sacramento, toda sexta-feira será escolhida uma área da cidade para intensificação das ações de combate. “Os agentes vão de casa em casa, verificando focos e dando orientações à população. Eles verificam materiais para reservatórios de água, lixo e se recipientes estão tampados”, informou.
Referência técnica em endemias, Edilson Matos citou os bairros com maior índice de infestação do mosquito.
“Estamos fazendo um trabalho hoje nos bairros com maior notificação, que são a Lagoa Salgada, Santo Antônio dos Prazeres, SIM, Mangabeira, Brasília, Sítio Matias, Gabriela, Conjunto Feira X, Tomba, Humildes, Conjunto Viveiros, Maria Quitéria, e Matinha”, afirmou.
Na zona rural, também estão aparecendo muitos casos, principalmente após a construção de cisternas. “Como a gente está encontrando focos em 85,7% dos domicílios, a gente pede nesse momento que os moradores nos ajudem sendo um agente de endemias, olhando seus tanques, se estão cobertos, algum balde, vasilhame ou garrafa de boca pra cima, plantas com água. A população tem que fazer a sua parte”, destacou.
Ele observou ainda que Feira de Santana cresceu muito, e o número de agentes de endemias não é suficiente para atender a demanda. “Temos os agentes comunitários que trabalham em parceria.”
Fonte: Acorda Cidade

SOBRE Santiago Live

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.