variedades

Morre aos 71 anos o radialista Agnaldo 'Categó'


Faleceu às 20h de ontem (1º) o radialista Agnaldo Santos, conhecido como Categó, 71 anos. Ele sofreu um infarto e foi socorrido para a policlínica do conjunto Feira X, mas não resistiu. O corpo será velado na capela do Hospital Dom Pedro de Alcântara e o sepultamento está previsto para as 15h no cemitério São João Batista.

A filha dele, Layla Carolina dos Santos, informou que Categó estava em casa, no Feira X, assistindo TV quando sentiu-se mal. Com mais de 50 anos de profissão, ele passou por todas as rádios de Feira de Santana e estava aposentado.
Foi redator, apresentador e um dos fundadores do programa Ronda Policial, na Rádio Subaé, e atuou até há pouco tempo no programa Boca de Forno, na Rádio Sociedade News (102,1 FM), aos domingos, a partir das 6h, ao lado do colega Nivaldo Lancaster. 
O presidente do Sindicato dos Radialistas de Feira de Santana, Walter Vireita, lamentou a morte. “Recebemos com muita tristeza a notícia do falecimento do colega radialista Agnaldo Santos Categó, um dos maiores comunicadores de Feira de Santana. Tendo trabalhado em todas as emissoras da cidade e em Salvador, Agnaldo Santos foi o fundador e o primeiro presidente do Sindicato dos Radialistas de Feira de Santana. Neste momento de dor e de uma perda irreparável apresentamos aos familiares, amigos e colegas nossos sentimentos de pesar. Estamos de luto”, declarou.
Categó também era funcionário da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom), deixou dois netos e a filha Layla. O filho dele, Marcelo, faleceu em 2014.
Fonte: Acorda Cidade

SOBRE Santiago Live

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.