Indústria de móveis emprega 160 pessoas em Bonfim de Feira


Uma indústria que emprega mais de 160 pessoas e uma empresa comercial com mais de 300 funcionários em suas lojas. Há 16 anos, o empresário Adilson Moreira Borges retornou às suas origens e instalou no distrito de Bonfim de Feira a sua empresa que fabrica colchões, sofás, camas box. Lá, ele é chamado de Nem de Diládio.

“Esta empresa é a prova de que Feira tem potencial, tanto na zona urbana como na zona rural, para atrair empresas de todos os portes e com potencial de crescimento”, afirmou o prefeito Colbert Filho, que foi convidado para conhecer a empresa e lá esteve na manhã desta segunda-feira, 8, onde conheceu todas as linhas de produção.
Para o prefeito, a determinação de Adilson Moreira é um exemplo a ser seguido e que o poder público deve oferecer condições para que outras empresas se instalem na zona rural. “Todos nós, quem vive aqui (em Bonfim) ou não, devemos agradecer a este empreendedor por oferecer oportunidades de empregos”.
O empreendedor disse que todos os empregados da fábrica moram no distrito e que resolveu montar o negócio em Bonfim quando a unidade que mantinha na às margens da BR 324 incendiou-se – depois passou um período na avenida Rio de Janeiro. Os móveis e colchões são montados em galpões.
Todos os dias, diz o empresário, em média 15 caminhões deixam o complexo para abastecer as 35 lojas Casa do Sofá – oito unidades são em Feira, ou entregar aos clientes. A empresa também monta os móveis comprados em outros estados e vendidos nas suas lojas.
Adilson Moreira disse que vem fazendo um trabalho de convencimento a empresários do setor do sul e sudeste para que se instalem no distrito e que já recebeu algumas visitas. O escritório da empresa no distrito foi instalada num casarão centenário, de onde quase toda sede pode ser avistada.

Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário