Bolsonaro anuncia que vai aprovar venda da Embraer para a Boeing



Depois de levantar dúvida, na semana passada, em um ponto do acordo entre Boeing e Embraer, derrubando as ações da fabricante nacional, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou nesta quinta-feira (10) que o governo brasileiro não exercerá o poder de veto a que tem direito no processo de venda. O anúncio foi feito após reunião de Bolsonaro com ministros e representantes da Aeronáutica.


Também ontem, no fim do dia, o governo Bolsonaro confirmou a saída do chefe da Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), Alex Carreiro. A demissão de Carreiro havia sido anunciada pelo chancelar Ernesto Araújo no dia anterior, mas o presidente do órgão recusou a demissão e seguiu trabalhando normalmente nesta quinta. Um substituto já foi indicado: o embaixador Mauro Vilalva, ex-embaixador no Chile, em Portugal e na Alemanha.


Em entrevista ao repórter do UOL Eduardo Militão, o ex-presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) Paulo Rabello de Castro disse que o governo Bolsonaro ficará devendo um pedido de "desculpas" se não conseguir comprovar falta de transparência na instituição. Sua fala vem em resposta à declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que o presidente Jair Bolsonaro estaria interessado em acabar com privilégios e abrir as "caixas-pretas" dos bancos públicos.


Após não comparecer nesta quinta ao Ministério Público do Rio de Janeiro para depor sobre as "movimentações atípicas" identificadas pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividade Financeira) em uma conta de Fabrício Queiroz, o deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) afirmou, em entrevista à noite ao SBT, não saber o que seu ex-assessor fazia da porta do gabinete para fora. Mais cedo, o filho de Bolsonaro voltou a dizer, em nota, que não é investigado e que, antes de depor, quer ter acesso aos autos do processo para "tomar ciência dos fatos".

Fonte: ResumododiaUOL
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário